Morre no Rio o diretor de teatro Aderbal Freire

O dramaturgo de 82 anos convivia com sequelas de um AVC hemorrágico desde 2020

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Aderbal Freire-Filho (Foto: ABR)

Morreu nessa quarta-feira (09/08) o diretor, ator e apresentador de televisão Aderbal Freire-Filho, casado há 23 anos com a atriz Marieta Severo. O artista de 82 anos sofria com sequelas de um AVC hemorrágico desde 2020.

Nascido em Fortaleza, Aderbal era formado em Direito, mas fez parte de grupos de teatro desde 1950. Ele foi responsável por criar o Centro de Demolição e Construção do Espetáculo (1989-2003) e foi membro do Conselho Diretor do Festival Ibero-americano de Teatro, de Cádiz, Espanha.

Além disso, o artista ainda coordenou a comissão que criou o Curso de Direção Teatral, da Escola de Comunicação, da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Sua primeira peça como diretor foi “O Cordão Umbilical”, de Mario Prata, em 1972, seguida por um dos seus maiores sucessos, o monólogo “Apareceu a Margarida”, de Roberto Athayde, estrelada por Marília Pêra.

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Morre no Rio o diretor de teatro Aderbal Freire
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui