Morre Hélio Turco, maior vencedor de sambas-enredo da Mangueira

O compositor e baluarte da escola assinou 16 obras para a agremiação e com seis delas, venceu campeonatos do Grupo Especial do Carnaval do Rio

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Reprodução da Internet

O compositor Hélio Rodrigues Neves, conhecido como Hélio Turco, morreu, nesta quinta-feira (08/06), aos 87 anos. Ele é considerado o maior vencedor de sambas-enredo da história da agremiação, com 16 canções escolhidas, sendo que seis delas conquistaram títulos do Grupo Especial do Carnaval do Rio. Ele também era presidente de honra da Verde e Rosa.

A informação foi confirmada pela Estação Primeira de Mangueira. E o sepultamento ocorrerá na sexta-feira (09/06), no Cemitério São João Batista, em Botafogo, na Zona Sul, às 10h30. Já o velório, terá início às 8h.

Nascido no Grajaú, na Zona Norte do Rio, mudou-se com a família para o Morro da Mangueira aos dois anos de idade. E iniciou sua vida artística em 1957, na ala de compositores da escola. Com apenas dois anos na casa, em 1959, emplacou o samba “Brasil Através dos Tempos” em parceria com Pelado e Cícero, que conquistou o terceiro lugar da disputa.

A primeira vitória aconteceu no ano seguinte, em 1960, com o samba “Carnaval de Todos os Tempos”. E em 1961, conquistou o bicampeonato com “Recordações do Rio Antigo”. Já com “Samba, Festa de Um Povo”, em 1968, venceu novamente.

Advertisement

No ano de 1984, o compositor conquistou o campeonato mais uma vez com “Yes, Nós Temos Braguinha”. E uma de suas obras de maior sucesso, “100 anos de Liberdade, Realidade ou Ilusão”, de 1988, se tornou, em abril deste ano, o hino oficial do Dia Nacional da Consciência Negra no Estado do Rio de Janeiro.

O último samba do compositor para a escola foi “Se Todos Fossem Iguais a Você”, de 1992, em homenagem a Tom Jobim.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Morre Hélio Turco, maior vencedor de sambas-enredo da Mangueira
Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui