Morro Azul, no Flamengo, recebe Feira Literária

Com entrada gratuita, "Feira Literária Memórias Escritas - Centenário do Padre Paulo Riou" acontece nos dias 4 e 5 de novembro com diversas atividades e imersão na história da comunidade

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Vista geral da favela Morro Azul, na zona sul do Rio de Janeiro.

A vivência literária como ferramenta de transformação social. Esse é o propósito da Feira Literária Memórias Escritas, que acontece nos dias 4 e 5 de novembro, sábado e domingo, a partir das 10h, na Comunidade Morro Azul, no Flamengo, na Zona Sul do Rio de Janeiro. 

Com patrocínio do Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através do Edital Literatura Resiste RJ, a iniciativa direciona-se para o fortalecimento de ações de difusão no âmbito da cadeia produtiva do livro e da leitura no estado do Rio de Janeiro. Para isso, contempla diretamente a comunidade com atividades para crianças, jovens e adultos, promovendo a ampliação do acesso aos bens culturais através de uma ampla oferta de atividades literárias ao longo dos dois dias de evento. 

“A feira vem para fomentar a valorização do indivíduo, com suas memórias coletivas e individuais, a produção literária, e traz destaque para a importância do livro”, explica Thiago Prado, idealizador e produtor do evento.

A Feira Literária ainda faz uma homenagem ao centenário de nascimento do Padre Paulo Riou, francês que trabalhou intensamente para o desenvolvimento da Comunidade Morro Azul, entre os anos de 1952 e 1992.

Advertisement

A programação conta com oficina de imersão na literatura negra no Brasil, contação de história com adaptação da obra de William Shakespeare, roda de conversa, exposição contando a história do Morro Azul e outras atividades lúdicas.

O convite para que a feira fosse parte da programação do Centenário de Padre Paulo Riou partiu do presidente da Associação de Moradores de Morro Azul (AMBA), Gilmar Silva, que afirma: “nós conseguimos unir a feira literária ao centenário do Padre. Só quem ganha com isso é a comunidade. Vai poder ouvir e saber da representatividade do Padre Paulo para a nossa comunidade e ter a convicção de que o morro não foi criado ou não foi construído do jeito que se encontra hoje.”

Desafios e possibilidades

Pesquisas revelam que, em média, os brasileiros não leem mais do que 2,43 livros por ano. A prática da leitura traz uma série de benefícios: promove o desenvolvimento, aumenta a concentração, memória, raciocínio e compreensão, estimula a linguagem oral, amplia a capacidade criativa, apura o senso crítico, proporciona entretenimento, amplia o conhecimento, enriquece o vocabulário, aprimora a escrita de redações, minimiza dificuldades acadêmicas, desenvolve o afeto e reduz o estresse.

“É fundamental reverter esse quadro. E quanto antes se consegue fazer a inserção dessa prática na vida do indivíduo, melhor”, ressalta Giselda Prado, produtora da feira.

Programação

Dia 04/11

10 – 12h: Oficina Consciência da literatura negra no Brasil: Escrever Memórias em Contos, Crônicas, Diários, Cartas e Poesia, com a professora e pesquisadora Maurina Lima

11h: Contação de história (“Sonho de uma noite de verão” – Shakespeare) – Projeto Brincando com Shakespeare, com os atores e contadores Alan Hauer e Alisson Minas

15h: Roda de Conversa – A memória como elemento para a escrita dramatúrgica, com o Doutor em História, ator e dramaturgo Max Oliveira, o dramaturgo, Mestre em Artes Cênicas e pós-graduado em Roteiro para Teatro, TV e Cinema Fabrício Branco e a mediação da atriz, produtora e pesquisadora Giselda Prado

Durante todo o dia, exposição fotográfica de memórias da Comunidade Morro Azul.

Dia 05/11

10 – 12h: Oficina Consciência da literatura negra no Brasil: Escrever Memórias em Contos, Crônicas, Diários, Cartas e Poesia, com a professora e pesquisadora Maurina Lima

15h: Contação de história (“Sonho de uma noite de verão” – Shakespeare) – Projeto Brincando com Shakespeare, com os atores e contadores Alan Hauer e Alisson Minas  

16 h: Bingo literário

17h: Encerramento da Feira

Durante todo o dia, haverá exposição de livros, varal de poesia e exposição fotográfica.

Todas as atividades serão gratuitas.

Para participar da Oficina, é necessário que seja feita uma inscrição por formulário online https://forms.gle/tCcrfyDufFoMYtru7  ou formulário impresso na sede da Associação de Moradores do Morro Azul.)

Local: Comunidade Morro Azul – entrada pela escadaria que fica atrás do metrô do Flamengo.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Morro Azul, no Flamengo, recebe Feira Literária
Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Morro Azul, no Flamengo, recebe Feira Literária
Renata Granchi
Renata Granchi é jornalista e publicitária com mestrado em psicologia. Passou pela TV Manchete, TV Globo, Record TV, TV Escola e Jornal do Brasil. Escreveu dois livros didáticos e atualmente é diretora do Diário do Rio. Em paralelo, presta consultoria em comunicação e marketing para empresas do trade.
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui