Morro da Providência vai ganhar praça e quadra poliesportiva da Prefeitura do Rio

A quadra contará com o suporte de um quiosque, banheiros e mobiliário urbano. Os idosos serão contemplados com a academia da terceira idade

A praça da comunidade ficará ao lado da quadra da escola de samba Vizinha Faladeira / Foto: Rafael Catarcione (Prefeitura do Rio)

O Morro da Providência, na Região Portuária do Rio de Janeiro, vai ganhar uma nova área de lazer. A Prefeitura da cidade deu início, nesta quinta-feira (27), às obras para a construção de uma praça, que ficará na esquina das ruas Nabuco de Freitas e Marquês de Sapucaí, ao lado da quadra da escola de samba Vizinha Faladeira. O equipamento está orçado em R$ 885 mil, com previsão de entrega para o primeiro trimestre de 2023.

De acordo com o planejamento da Prefeitura, todo o entorno da futura praça será reurbanizado. Na região, também será construída uma quadra poliesportiva, que contará com o suporte de um quiosque, banheiros e mobiliário urbano. Os idosos serão contemplados com a instalação de equipamentos da academia da terceira idade.

O presidente da Companhia Carioca de Parcerias e Investimentos (CCPar), Gustavo Guerrante, afirmou que os investimentos da Prefeitura no Morro da Providência têm como objetivo a requalificação dos espaços públicos ociosos e sem destinação específica, além de integrar a população com equipamentos oferecidos em outros lugares da cidade.

Essa área é toda pensada para o morador da Providência. O objetivo desse projeto é qualificar e transformar esse espaço em um local de convivência, de encontro para a população. Será uma praça onde as crianças podem praticar esportes, com equipamentos para idosos e infraestrutura inclusive para banheiros,” disse Guerrante.

Leonardo Pavão, subprefeito do Centro, ressaltou a importância de tais ações para os moradores da região. Ele ressaltou ainda que a consolidação da parceria com a primeira escola de samba do Brasil, a Vizinha Faladeira, fortalece os laços entre o poder público e a cultura carioca.

“É muito importante dar continuidade às ações que implementamos aqui no Centro. A parceria com a Vizinha Faladeira vem de longa data, da outra gestão do prefeito Eduardo Paes. É a primeira escola de samba do Brasil e tem uma importância enorme para o samba e a cultura da nossa cidade. Este é mais um equipamento que a Prefeitura do Rio entrega para a Providência, para o bem-estar da comunidade”, afirmou Leonardo Pavão.

A RJL2, empresa vencedora da licitação, terá como prioridade a contratação de 25 funcionários que sejam moradores da própria comunidade.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui