Motoristas de ônibus apostam corrida na Zona Sul do Rio

Denúncia foi feita por passageiros que viveram momentos de tensão com os coletivos circulando pelas ruas em alta velocidade

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Interior de um Ônibus | Foto: Rafa Pereira - Diário do Rio

Achando que estavam estrelando a sequência de Velozes e Furiosos – Operação Rio, motoristas de dois ônibus apostaram corrida por ruas da Zona Sul do Rio, nesta terça-feira (20/02). O racha entre os colegas de profissão deixou os passageiros assustados. Segundo os mesmos, os veículos trafegavam em alta velocidade pela região.

Imagens gravadas por uma das pessoas que estava no coletivo da linha 539, que faz o trajeto Rocinha x Leme, mostram o momento em que um dos motoristas emparelham os veículos. Ele justifica a pressa na condução do coletivo dizendo ao outro motorista e “adversário”, que precisava chegar logo em casa. Em dado momento, o condutor ironiza o receio dos passageiros.

É, tem que ir embora pra casa logo. Tem que acelerar. Os passageiros tão tudo tremendo na base”, disse o motorista para o colega.

Ao portal G1, uma passageira que não quis se identificar, disse que o homem chegou a avançar sinais de trânsito ao longo do trajeto.

Advertisement

Já chegando ali na Ataulfo de Paiva com Bartolomeu Mitre, ele não parou no sinal. Ele já fechou o cruzamento e começou a forçar a barra com o outro carro, o carro da frente. Ele foi assim até a Nossa Senhora de Copacabana. Passou toda Visconde de Pirajá forçando todos os carros”.

Segundo ela, foi depois disso que ele começou uma espécie de pega com o colega. “Ele encontrou um conhecido dele e começou um pega. Ele parou e começou a rir da nossa cara”, lamentou a mulher.

A Prefeitura informou que os passageiros podem deuncar esse tipo de situação através da Cental 1476.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Motoristas de ônibus apostam corrida na Zona Sul do Rio
Advertisement

3 COMENTÁRIOS

  1. Há muitos anos o trânsito do Rio é considerado perigoso, caótico e desordenado. Se alguem quiser livrar o Rio desta pecha, deve começar pelos motoristas de ônibus.
    Há entre eles pessoas bonissimas, verdadeiras pérolas de criaturas. Entretanto, a maioria é despreparada e mal intencionada. Alguns são verdadeiros assassinos ao volante.
    Mas é necessário dizer que poucos são os casos de ônibus particulares, pertencentes a um só indivíduo. Quem quiser acabar com o inferno do tráfego do Rio deve ter a coragem de ir em cima das empresas que contratam motoristas marginais . . . e não ser dependente do jabá que sai delas direto para o caixa 2.

  2. Aí te pergunto : de que adianta cobrar cursos dos motoristas “profissionais ” seja ele qualquer categoria de CNH , se eles não estão nem aí para os passageiros , cargas e até mesmo pedestres ?
    Se não tirar esses caras detrás dos volantes , curso nenhum vai adiantar ou mudar as atitudes desses irresponsáveis!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui