Movimento liderado por atletas da Seleção e Guaraná Antarctica facilita inclusão de jogadoras brasileiras nos games

Com o apoio de craques de diversos times espalhados pelo Brasil, movimento #BotaElasNoJogo cresce e ganha plataforma para ajudar a resolver impasses das empresas de jogos eletrônicos

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Você, com certeza, já jogou no seu videogame com um atleta famoso de futebol. Agora, você já tentou fazer isso com uma jogadora do futebol feminino? Para quem não sabe, atualmente nos games, as nossas craques possuem nomes e rostos genéricos, sem qualquer ligação com o que acontece nos campos. Para ajudar na solução dos processos burocráticos – e acabar com qualquer desculpa – que as empresas de games vivem, Guaraná Antarctica entra em cena neste Dia da Mulher e lança uma plataforma para  facilitar a inclusão dos avatares das  atletas que ajudam a levar o nome do nosso país no esporte. A iniciativa é mais um passo dentro movimento #BotaElasNoJogo criado no ano passado, para a valorização do futebol feminino no país.

Não só as jogadoras da Seleção Brasileira, como Bia Zaneratto, Tamires, Maria Eduarda, Adriana e Ary Borges, mas também atletas de diversos times, apoiam a iniciativa e querem ser devidamente representadas no universo gamer.  “A valorização do futebol feminino vai muito além dos campos. Precisamos entender que ainda temos muitos espaços para ocupar e o mundo dos games é um deles. Se só precisamos resolver impasses burocráticos, então vamos!”, comenta Tamires, jogadora da Seleção Brasileira Feminina. 

Dando continuidade ao #BotaElasNoJogo, movimento alinhado aos compromissos assumidos pela Ambev e suas marcas pela equidade de gênero, sobre a falta de representatividade feminina nos jogos eletrônicos, Guaraná Antarctica foi entender as razões pelas quais as jogadoras ainda não estavam nos games. E, com base nos impasses para colocá-las nos jogos, a marca criou as soluções com esse site. “Adiantamos boa parte do processo para realmente facilitar a inclusão das nossas craques nos games. Queremos ver nossos consumidores jogando com suas atletas favoritas e torcendo pelo futebol feminino, assim como a gente”, comenta Giuliana Cittadino, gerente de Marketing de Guaraná Antarctica.

A ação, criada pela SOKO, reforça a importância da visibilidade feminina, que já acontece em outras camadas sociais, também para o mundo gamer. “Estamos indo além da conscientização da sociedade acerca do problema e removendo os obstáculos práticos para a inclusão das atletas nos jogos. Nosso time, majoritariamente feminino, desenhou toda a campanha que valoriza a modalidade e confirma o protagonismo de Guaraná nessa causa. Preparamos tudo e deixamos as desenvolvedoras de games na cara do gol”, destaca Kelly Neres, Gerente de Conteúdo da SOKO.

Advertisement

Como solução para os problemas em colocar as atletas nos jogos, a plataforma traz diversos contratos e um modelo pronto para quem mais tiver interesse em negociar com as empresas, além de avatares em estéticas de jogos diferentes e um passo a passo para facilitar a criação de novos modelos. Nas redes sociais e com as atletas da Seleção Brasileira, Guaraná Antarctica também criou ações especiais e desenvolveu embalagens exclusivas das latas (350 ml). Para estimular a visibilidade das mulheres em todos os tipos de esportes eletrônicos, as latinhas em edição limitada e exclusiva, extrapolam o mundo do futebol e mostram oportunidades das jogadoras estarem presentes também em games de estratégia, simulação da vida real e ação.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Movimento liderado por atletas da Seleção e Guaraná Antarctica facilita inclusão de jogadoras brasileiras nos games
Renata Granchi
Renata Granchi é jornalista e publicitária com mestrado em psicologia. Passou pela TV Manchete, TV Globo, Record TV, TV Escola e Jornal do Brasil. Escreveu dois livros didáticos e atualmente é diretora do Diário do Rio. Em paralelo, presta consultoria em comunicação e marketing para empresas do trade.
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui