MPRJ apreende produtos falsificados no primeiro fim de semana do Rock in Rio

Foram apreendidos bonés, copos, chaveiros, óculos e outros pequenos produtos piratas

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Imagem apenas ilustrativa do Palco Sunset do Rock in Rio - Foto: Ariel Martini/Divulgação

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da Promotoria de Justiça que atua junto ao IX Juizado Especial Criminal, com apoio da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI/MPRJ), prendeu 7 pessoas e apreendeu produtos falsificados no primeiro fim de semana do festival Rock In Rio. Na fiscalização, foi utilizado um drone. Os trabalhos foram realizados em conjunto com o Serviço Reservado do 31º BPM (Recreio dos Bandeirantes).

Cinco pessoas foram detidas na sexta-feira (02/09) e outras duas no domingo (04/09). Foram apreendidos bonés, copos, chaveiros, óculos e outros pequenos produtos piratas.

Nas edições anteriores, principalmente entre 2011 e 2015, tinha muita incidência de venda de produtos falsificados no entorno. Fizemos uma repressão forte, e hoje vemos que o trabalho deu certo, ao ponto de os próprios vendedores informais não levarem mais produtos piratas com a marca do evento. Vamos continuar intensamente nesta segunda semana, com o apoio dos agentes da CSI/MPRJ e da Polícia Militar, na prevenção da prática de delitos, com auxílio do drone, fazendo as abordagens e conduzindo ao juizado criminal quem insistir em praticar o ilícito”, comentou o promotor de Justiça Márcio Almeida.

A utilização do drone teve um importante papel em apoio às equipes de campo. Com ele temos uma visão ampla da área, da movimentação de pessoas, o que facilita na identificação de uma aglomeração ou de quem está indo contra o fluxo do evento, para o que facilita o direcionamento das equipes ao local“, completou.

Advertisement

Leia também

Estrangeiros LGBTQIA+ estão comprando todos novos imóveis de Ipanema – Bastidores do Rio

TransBrasil inicia operações neste sábado, da Penha ao Terminal Gentileza

O MPRJ dispõe de um plantão permanente de promotores no Rock in Rio, inclusive com a utilização de um ônibus da instituição como base de apoio. Os detidos irão responder por crime contra registro de marca.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp MPRJ apreende produtos falsificados no primeiro fim de semana do Rock in Rio

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui