MPRJ denuncia prefeito de Belford Roxo por fraude em licitação de combate à dengue

Além de Waguinho, outras cinco pessoas foram denunciadas. A pena máxima para esse tipo de crime pode chegar a 8 anos de prisão

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Waguinho - Foto: Reprodução


O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) não poupou ações contra o prefeito de Belford Roxo, Wagner Carneiro, conhecido como Waguinho. Em uma denúncia exclusiva obtida pela TV Globo, o MPRJ revelou uma trama de fraude em licitações para serviços de combate à dengue.

Além de Waguinho, outras cinco pessoas foram denunciadas, incluindo o pregoeiro Cássio da Rocha Brum e o empresário Ricardo Augusto Guimarães Rodrigues, dono da Rag Rodrigues Confecção e Comércio. A pena máxima para esse tipo de crime pode chegar a 8 anos de prisão.

O MPRJ também busca reparação financeira pelos danos materiais, estimados em pelo menos R$ 319,5 mil. A investigação revela que Waguinho restringiu a publicidade dos editais de licitação em 2018, impedindo a concorrência justa em um pregão presencial para contratar serviços de combate ao mosquito Aedes aegypti. As informações nem chegaram a ser divulgadas no site da prefeitura, de acordo com a Procuradoria-Geral de Justiça.

Advertisement

Essa não é a primeira vez que Waguinho enfrenta investigações por fraudes em licitações.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp MPRJ denuncia prefeito de Belford Roxo por fraude em licitação de combate à dengue
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui