MPRJ pede autuação de Bruno de Luca por omissão de socorro em atropelamento de Kayky Brito

Bruno de Luca estava com Kayky Brito no dia em que o amigo foi atropelado na Barra da Tijuca

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Mesmo após decisão da Polícia Civil de não indiciar Bruno de Luca por omissão de socorro no acidente envolvendo Kayky Brito, o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro enviou à Justiça pedido de autuação de Bruno com base no artigo 135 do Código Penal Brasileiro.

O acidente aconteceu na madrugada de 02 de setembro, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, quando o motorista de aplicativo Diones Coelho da Silva atropelou Kayky, que atravessou de repente a avenida e foi atingido pelo carro. No momento do atropelamento, Bruno de Luca estava em um quiosque próximo do ocorrido e, ao ver o amigo acidentado, não prestou socorro. Bruno de Luca ainda não se manifestou sobre o acidente.

No documento enviado pelo MP ao juiz, o promotor Marcio Almeida Ribeiro da Silva afirma que Bruno de Luca foi o u?nico que teria sai?do do local logo apo?s o atropelamento, sem adotar qualquer provide?ncia para prestar socorro, nem mesmo saber que algum socorro ou solicitac?a?o havia sido feita, ate? porque relata que sequer sabia quem teria sido a vi?tima do atropelamento, nem mesmo como retornou para sua reside?ncia.

Conclusão lógica e óbvia é que o referido senhor Bruno não se importou sequer em ter qualquer conhecimento quanto às providências que teriam sido adotadas para prestação de socorro daquela vítima, não podendo se eximir de responsabilidade pelo crime previsto no artigo 135 do Código Penal”, diz trecho da denúncia.

Advertisement

O promotor afirma ainda que na?o ha? nenhuma du?vida quanto a? consumac?a?o da omissa?o de socorro, e explica que este crime configura-se com a abstenc?a?o no momento em que poderia agir, mas preferiu omitir o socorro.

Na ocasião do acidente, imagens mostravam Bruno de Luca levando a mão à cabeça ao ver o amigo sendo atropelado, em sinal de desespero. Após Kayky Brito ter alta do hospital, o mesmo tentou visitar o ator em casa, mas não teria recebido autorização da família.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp MPRJ pede autuação de Bruno de Luca por omissão de socorro em atropelamento de Kayky Brito
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui