Multinacional indiana investirá R$ 100 milhões em construção de fábrica no RJ

Empresa EPL construirá a unidade em Seropédica, na Região Metropolitana do estado; iniciativa visa a produção de tubos de cremes dentais para a Procter & Gamble (P&G)

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação/Governo do RJ

Recém chegada ao Brasil, a multinacional indiana EPL anunciou, nesta segunda-feira (30/05), que vai investir R$ 100 milhões em uma fábrica em Seropédica, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. A iniciativa da empresa visa a produção de tubos de cremes dentais para a Procter & Gamble (P&G). A empreitada atenderá à expansão da P&G em território fluminense e gerará 100 novos postos de trabalho.

”Esse investimento é mais uma comprovação da confiança do empresariado no estado do RJ, que se tornou o principal destino de investimentos nacionais e internacionais no país. Buscamos tornar o Rio de Janeiro cada vez mais competitivo e atrativo para todos os segmentos de atividade econômica, de forma a gerar cada vez mais empregos e renda para a nossa população e, assim, colocar o estado definitivamente nos trilhos do desenvolvimento sustentável”, disse o governador Cláudio Castro.

A construção da fábrica terá início em duas semanas e a previsão é que entre em operação ainda este ano. A empresa irá contratar mão de obra local, que será treinada por especialistas mundiais.

”O apoio do governo do estado, com uma política de incentivos para atração de novos negócios, vem sendo fundamental para viabilizar os planos, investimentos e o cronograma das empresas interessadas em atuar no Rio de Janeiro”, afirma, por sua vez, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, Cássio Coelho.

Advertisement

Uma das principais fornecedoras globais de tubos de cremes dentais, a multinacional indiana investe entre US$ 40 a US$ 50 bilhões todos os anos, mundialmente. A EPL trará para o RJ tecnologia de ponta, utilizada apenas nos Estados Unidos. Todo o processo de fabricação dos tubos será realizado em Seropédica. Apenas o laminado plástico será importado, inicialmente, da Índia ou da China. As máquinas começam a chegar em outubro.

De acordo com o presidente da EPL para as Américas, Mauro Catopodis, a escolha de Seropédica para a instalação da unidade se deu pela proximidade com a fábrica da P&G e por sua entrada na lista dos municípios beneficiados pela redução do ICMS para a indústria.

”Estamos muito satisfeitos por realizar esse investimento no RJ. A operação é extremamente estratégica para atender as demandas crescentes da P&G, no Brasil e na América Latina. Nossa visão é de longo prazo. Chegamos para ficar”, destacou o executivo.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Multinacional indiana investirá R$ 100 milhões em construção de fábrica no RJ
Advertisement

12 COMENTÁRIOS

  1. Bem legal a notícia do investimento, onde famílias serão beneficiadas. Seja bem vinda EPL e outras mais… O nosso Estado merece!!! Será sempre um Estado próspero ! Sem tempo a perder! Isso se chama “gestão”.

  2. Marcelo Magalhães de Freitas, acho desnecessário seu comentário Gustavo, isso não se aplica.
    Em todos estados Brasileiros temos problemas atualmente com a segurança pública.
    Nem por isso devemos deixar de apostar nas regiões, independente de sua localidade. Acho o que devemos ressaltar aqui é a oportunidade de geração de empregos e renda para está região.
    Seja bem vinda e que venha muito mais.
    Para o Brasil todo, estamos precisando.

  3. Que essa empresa seja um exemplo para outras tomarem coragem e olhar os municípios da região com outra perspectiva! Tem mesmo que movimentar essa região e descentralizar a geração de empregos! Parabéns aos envolvidos e os que serão beneficiados!

  4. Excelente notícia pra Seropédica q não tem quase nada. Essa é uma área com muito potencial. Espero q s estrada a BR 465 seja duplicada e ganhe um BRTaté Campo Grande passando pela av. BRASIL.

  5. parabéns a todos os envolvidos que estão conseguindo trazer empregos para nossa cidade de Seropédica….desde já peço ao nosso prefeito professor lucas, por favor estou desempregado e preciso trabalhar , tenho filhos parar sustentar….

  6. Gustavo Lima Alcântara, faço das palavras do Renato Batista Dos Santos as minhas… quando vc for falar do Rio de janeiro,economiza tempo, pega sua língua dobra e enfia no………ú,…
    E outra fomos, somos e SEMPRE seremos o espelho do Brasil, e gente como vc, preconceituosa, invejosa e principalmente um buuurro regionalista, querendo ou não vão ter que engolir que o estado e a cidade do Rio de Janeiro voltar ao lugar que nunca deveria ter saído, o de protagonista nacional…

  7. Gustavo Lima Alcântara, quando vc for falar do Rio de janeiro,economiza tempo, pega sua língua dobra e enfia no………ú, exatamente o quê vc pensou seu extrume, dejetos dê vermes, talvez dê onde vc fala seja mais favela quê o Rio dê janeiro, quê só se transformou nessa gigantesca favela, pôr comportar um monte de forasteiros, quê pode ter saído do seu pardieiro e vindo para o Rio de janeiro, amigo quando vc sentir essas inveja do nosso estado,faz o seguinte morde ás costas, isso aqui é ainda a identidade do Brasil queira vcs ou não,

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui