Município do Rio teve mais de 360 mil mudas plantadas desde 2021

De janeiro a novembro deste ano, foram mais de 8 mil árvores em ruas da cidade, sobretudo nas regiões de Deodoro, Santa Cruz, Barra e Jacarepaguá

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Serra da Posse, na Zona Oeste do Rio de Janeiro - Foto: Prefeitura do Rio

Nos últimos anos, a Prefeitura do Rio de Janeiro tem investido na implantação de parques urbanos e reflorestamento, em projetos que aumentam a cobertura vegetal na cidade e ampliam o conforto térmico da população.

O mapa do calor da capital fluminense, divulgado recentemente, mostrou que as zonas Norte e Oeste são as regiões que mais sofrem com as altas temperaturas. Por isso, as principais ações estão sendo desenvolvidas nessas áreas.

Vale ressaltar que o Rio é a única grande cidade do Brasil com programa de reflorestamento permanente. Desde 1986, foram 10 milhões de mudas plantadas, o equivalente a 3.600 campos de futebol.

Só o programa Refloresta Rio, por exemplo, já plantou 366 mil mudas desde 2021. De janeiro a novembro deste ano, foram mais de 8 mil árvores em ruas do município, sobretudo nas regiões de Deodoro, Santa Cruz, Barra e Jacarepaguá, todos bairros da Zona Oeste.

Advertisement

Leia também

Fortemente afetadas pelas chuvas desta quarta-feira, Japeri e Nova Iguaçu não apresentaram plano de redução e adaptação à crise climática

Em recuperação judicial, Americanas fecha várias lojas ao mesmo tempo

Abaixo, as principais ações da Prefeitura do Rio com o objetivo de ampliar as áreas verdes da cidade e, assim, melhorar a qualidade de vida dos cariocas:

Serra da Posse

A nova floresta da Posse passará pela ampliação da área de mata para 950 mil metros quadrados, o equivalente a 95 campos de futebol, com a recuperação dos mananciais e ações de proteção da fauna e flora nativa. Houve o plantio de 62 mil mudas de mais de 100 espécies diferentes da Mata Atlântica numa área de 31 hectares. Para reflorestar toda a Serra da Posse, que abrange os bairros de Campo Grande, Santíssimo e Senador Vasconcelos, falta plantar mais 160 mil mudas, aproximadamente, numa região de 63 hectares.

Parque Pavuna

Com 17 mil metros quadrados, o Parque Pavuna, na Zona Norte, terá uma praça molhada de 265 metros quadrados e uma torre de 22 metros, oferecendo frescor para os frequentadores, além de horta e o plantio de 320 árvores nativas da Mata Atlântica.

Parque Piedade

Construído no terreno da antiga Universidade Gama Filho, o Parque Piedade terá uma horta urbana, praça molhada com cachoeira artificial, numa área total de 18 mil metros quadrados. Além disso, contará com áreas de lazer, quadras e centro cultural, esportivo e educacional.

Parque Rita Lee

A antiga Via Olímpica, na Barra da Tijuca, está sendo transformada num parque, que terá 136 mil metros quadrados. A criação de um bosque e uma esplanada arborizada voltada para a Lagoa de Jacarepaguá prevê o plantio de 974 árvores e 32 mil arbustos, além de uma área molhada de 1,2 mil metros quadrados.

Parque Susana Naspolini

As obras do parque, em Realengo, preveem o plantio de 3.700 mil árvores, o equivalente a nove campos de futebol, um bosque com 11,2 mil metros quadrados, hortas e pomares, além de um espelho d’água e jardins aquáticos. O destaque do parque, que terá 77 mil metros quadrados, será um conjunto de torres que irão aspergir gotículas de água para espantar o calor.

Parque Oeste

Em Inhoaíba, o parque terá 234 mil metros quadrados. Está previsto o plantio de 11 mil mudas, reflorestamento de 61,8 mil metros quadrados, além da preservação do verde local. O projeto prevê também soluções de conforto térmico para os frequentadores, como chuveiros cascata, escadas d’água e piscina.

Novo projeto

Em 2024, a Prefeitura do Rio irá implantar o programa ”Cada Favela, uma Floresta”, que buscará promover um ambiente ecologicamente correto, com foco na construção de florestas e restauração no ambiente das comunidades. Ao todo, 20 territórios da cidade serão beneficiados pela ação, que buscará prevenir e controlar a ocupação em áreas de risco e recuperar áreas degradadas, gerando melhorias no microclima das comunidades e na qualidade do ar e da água, além de incentivar a eficiência energética e promover a segurança alimentar.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Município do Rio teve mais de 360 mil mudas plantadas desde 2021

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui