Museu da Maré vai lançar acervo online com mais de 1.000 itens catalogados

O Museu da Maré vai se tornar um dos primeiros museus comunitários a realizar essa divulgação. O lançamento ocorre em 12 de dezembro

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Imagens da Maré na época das palafitas estão no acervo iconográfico | Foto: Divulgação

O Museu da Maré, primeiro museu de favela concebido por seus moradores, no Conjunto de Favelas da Maré, vai disponibilizar online grande parte do seu acervo. Dessa forma, ele se torna um dos primeiros museus comunitários a realizar tal organização e divulgação, e possibilita o acesso para moradores de favelas, comunidade escolar, universidades, pesquisadores e todos que tenham interesse em consultá-lo. Serão mais de 1000 itens entre acervo bibliográfico; acervo iconográfico; acervo museológico; e acervo cartográfico. O lançamento ocorre em 12 de dezembro, em evento presencial no Museu.

A iniciativa resulta de um processo de inventário participativo, que envolveu muitas pessoas, desde a constituição do acervo, passando pela catalogação e digitalização – com grande dedicação da equipe de Arquivo e Biblioteconomia do Museu – até sua migração para a plataforma Tainacan, software livre e de fácil acesso. Repositório de acervos museológicos e arquivísticos, o Tainacan permitiu um registro cuidadoso de cada item disponibilizado na plataforma.

Um dos destaques do trabalho é a criação de descritivo minucioso para os objetos de matriz africana, que frequentemente carecem de informações mais detalhadas em acervos online e físicos. Além disso, a iniciativa contribui para a preservação e divulgação dos patrimônios populares, a partir das narrativas e saberes dos moradores das favelas e periferias e do uso da tecnologia de um software livre e de caráter democrático.

O Museu da Maré é um museu de referência nacional quando se trata de museus de favela, e contém um acervo que vai além de sua história de 17 anos, uma vez que se compõe, em grande parte, por doações de moradores mais antigos. Estarão disponíveis no site seus acervos iconográfico, com 570 fotografias de 12 diferentes instituições; museológico, com 639 objetos; cartográfico, com 18 mapas da Maré e seu entorno; e uma parte do acervo bibliográfico com 4 livros do Centro de Estudos e Ações Solidárias da Maré (CEASM). Os itens poderão estar indexados por temas, décadas, referência geográfica, acervo, entre outros filtros, e estarão livres para download. A partir do dia 13/12 o site poderá ser acessado em: www.arquivomuseudamare.org .

Advertisement

O lançamento do acervo do Museu da Maré em plataforma online contará com as presenças de moradores e instituições do território, da Rede de Museologia Social do Rio de Janeiro, de museus da cidade e demais instituições parceiras. A presidenta do Ibram, srª Fernanda Castro, comporá a mesa de abertura do evento juntamente com a diretoria e a equipe técnica do Museu da Maré.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Museu da Maré vai lançar acervo online com mais de 1.000 itens catalogados
Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Museu da Maré vai lançar acervo online com mais de 1.000 itens catalogados
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui