Museu de Arte do Rio ocupa Parque Madureira com mostra gratuita

“Carolina Maria de Jesus: Um Brasil para os brasileiros” - Ocupação MAR propõe reflexão sobre racismo estrutural, fome e superação

Acervo Fundação Casa de Jorge Amado Zelia Gattai

O Museu de Arte do Rio inaugura no dia 15 de outubro a sua primeira ocupação artística gratuita. “Carolina Maria de Jesus: Um Brasil para os brasileiros” – Ocupação MAR apresenta ao público reflexões sobre racismo estrutural, pobreza, fome e superação, a partir da história de vida da escritora Carolina Maria de Jesus, mulher negra, favelada e protagonista da literatura brasileira. Após passagem pelo Instituto Moreira Salles de São Paulo, o recorte da mostra chega ao território do Parque Madureira, espaço de lazer que fica na zona norte do Rio de Janeiro. 

Ao todo, serão cerca de 100 obras de 10 artistas, entre fotografias, vídeos, colagens e reportagens de jornal. A ocupação vai contar ainda com uma peça inédita da artista Silvana Mendes, que também participa da exposição principal do MAR, Um Defeito de Cor. A obra é uma colagem onde Silvana representa Carolina Maria de Jesus cercada por homens brancos e os anula com flores e elementos coloridos, criando uma grande homenagem à escritora.

A exposição faz parte do circuito Madureira de Portas Abertas, um dos três editais do Zona de Cultura Madureira, programa da Secretaria Municipal de Cultura que, este ano, injeta R$ 1,5 milhão para ações culturais num trecho daquele bairro.

A ocupação artística “Carolina Maria de Jesus: Um Brasil para os brasileiros” – Ocupação MAR no Parque Madureira é uma cooperação do Museu de Arte do Rio com a Secretaria Municipal de Cultura do Rio e o Instituto Moreira Salles. A curadoria é do antropólogo Hélio Menezes e da historiadora Raquel Barreto.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui