Museu de Arte do Rio recebe exposição individual de Agnaldo Manuel dos Santos

Com curadoria de Juliana Bevilacqua, a mostra conta com mais de 70 esculturas em madeira do artista negro baiano

Foto: Divulgação

O Museu de Arte do Rio (MAR) recebeu no sábado (12/11) a mostra “Agnaldo Manuel dos Santos – A conquista da modernidade” que conta com mais de 70 esculturas em madeira do artista negro baiano. Com a curadoria de Juliana Bevilacqua, ficarão reunidas até fevereiro de 2023, obras de museus e coleções privadas que resgatam seus múltiplos interesses nas formas, temas e referências, explorados em esculturas.

O recorte escolhido para a mostra reflete o esforço e o empenho em subverter o lugar ao qual se pretendeu delimitar um artista que levava muito a sério seu ofício. “Agnaldo, é, sem dúvida, também uma conquista da modernidade, que se beneficiou de um artista único em muitos sentidos. Ainda que jamais saberemos quais outros voos o escultor alçaria se não tivesse partido tão cedo, em 1962, ele é, sem dúvida, um caso singular da arte moderna no Brasil”, reflete a curadora.

Desde 2013, Juliana Bevilacqua vem estudando sua obra com o intuito de mostrar sua trajetória de experimentações que vão além das referências à sua ancestralidade. “Até hoje, a sua produção vem sendo vinculada a uma conexão profunda com a África. Agnaldo seria, dessa forma, um produto das ressonâncias africanas na diáspora, não importando o quão marcante foi a sua circulação no meio artístico e os contatos com outros artistas para a sua formação, nem os estudos e as múltiplas referências com as quais lidou ao longo da sua trajetória para realizar as suas obras”.

Para o Diretor e Chefe da Representação da Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI) no Brasil, responsável pela gestão do MAR, Raphael Callou, a chegada da exposição, em parceria com a Almeida & Dale Galeria de Arte, revigora a missão do MAR de trazer mostras em cooperação com instituições culturais de outras cidades. “Agnaldo Manuel dos Santos foi um escultor baiano que trabalhou com grandes nomes da arte brasileira, mas que, ao mesmo tempo, teve sua biografia invisibilizada por muito tempo. Nesse sentido, a mostra possibilita que o nosso público experimente a arte por uma perspectiva mais inclusiva e plural”.

  • Serviço:
  • Agnaldo Manuel dos Santos – A conquista da modernidade
  • Inauguração: 12 de novembro, às 11h
  • Até dia 26 de fevereiro de 2023
  • Local: 2º andar do Pavilhão de Exposições 
  • Entrada Gratuita
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui