Museu do Amanhã recebe exposição sobre a importância do coração na vida humana

Mostra ''S2 - Coração, Pulso da Vida'', em parceria com a Sociedade Brasileira de Cardiologia, acontece de quinta (13/10) a sábado (15/10) no museu localizado no Centro do Rio

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Museu do Amanhã - Foto: Cleomir Tavares/Diário do Rio

A partir desta quinta-feira (13/10), alinhada ao Congresso Mundial de Cardiologia que acontecerá no Rio de Janeiro até sábado (15/10), a exposição ”S2 – Coração, Pulso da Vida”, realizada pelo Museu do Amanhã, na Praça Mauá, região central da capital fluminense, em parceria com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), apresentará o referido órgão do corpo humano como uma máquina de viver e sentir.

Distribuída entre as áreas ”Coração”, ”Bem-Viver” e ”Sentir Junto”, a mostra oferecerá uma série de informações sobre o órgão vital, além de experiências imersivas. Entre os temas abordados, estarão a importância da saúde do coração, sua relação com a qualidade de vida, o impacto da desigualdade social nas doenças cardiovasculares, a relação entre saúde mental e saúde física e o que pode ser feito para garantir uma vida melhor.

”A exposição convida nosso público a desvendar os mistérios e as belezas do coração, em uma jornada que fala sobre o corpo humano e também sobre a construção dos amanhãs que desejamos: amanhãs com saúde, longevidade, bem-estar e qualidade de vida. E, acima de tudo, amanhãs em que nos sentimos vivos, pulsando com a vida e com o mundo”, destaca Bruna Baffa, diretora geral do Museu do Amanhã.

”A realização do Congresso Mundial tornará o Brasil, por alguns dias, o centro global da cardiologia e esta exposição aproxima, por meio da arte, a ciência da população. É um convite à sociedade a tomar consciência sobre a importância do coração em nossas vidas. Desta forma, criamos uma excelente oportunidade para que as pessoas sejam protagonistas na conquista da boa saúde e agentes na difusão de hábitos de vida mais saudáveis. Esta parceria com o Museu do Amanhã consolida a missão socioeducativa da SBC focada na conscientização sobre prevenção e fatores de risco para as doenças cardiovasculares”, comenta, por sua vez, João Fernando Monteiro Ferreira, presidente do Conselho Administrativo da SBC.

Advertisement

Leia também

MP é acionado para investigar manifestantes que declaram apoio ao Hamas na frente da Câmara do Rio

Deputados propõem destinar R$15 milhões da Alerj para 10 municípios afetados por chuvas no RJ

A primeira seção da mostra, chamada ”Coração”, abordará os aspectos referentes ao interior do corpo humano, com foco principal na estrutura do coração, seu funcionamento e condições que podem o acometer. Desta forma, o público poderá se aproximar à fisiologia do coração e percebê-lo como um órgão que funciona em conexão com diversos outros. Por meio de uma experiência interativa, será possível ouvir e visualizar seu batimento cardíaco replicado no ambiente.

Já a área ”Bem-Viver” evidenciará os aspectos sociais, comportamentais, econômicos, étnicos/raciais e ambientais que contribuem para escolhas individuais e expõem a complexidade de obter uma qualidade de vida dentro da construção social atual. Esse contexto revela a importância de um acompanhamento médico humanizado, multidisciplinar e individualizado, além de reforçar a necessidade de políticas públicas para a garantia do acesso à saúde.

Depois de ver, ouvir e ler sobre o papel do coração, o visitante finalizará sua experiência sentindo a potência deste órgão. Por fim, a seção ”Sentir Junto” traduzirá, com uma intervenção audiovisual de poesia e dança, a sensação do que é estar vivo, estar presente no mundo, sentir alegrias e dores e compartilhar vivências. Também será possível ter acesso a outras perspectivas sobre bem-viver, bem como a abordagem do coração pela filosofia africana em um conteúdo produzido pelo filósofo Renato Noguera.

Como parte das programações alinhadas à exposição, o Museu do Amanhã realizará, no sábado, o Dia do Bem-Estar. Na ocasião, haverá um dia inteiro de atividades dentro e fora do Museu, para todas as idades, promovendo a prática do autocuidado e da qualidade de vida a partir da diversidade de corpos e expressões, além da troca de conhecimentos sobre saúde e longevidade.

O dia começará com uma visita mediada de bicicleta pelo entorno do Museu em parceria com o Kit Livre e Transporte Ativo, oferecendo também bicicletas adaptadas para pessoas com deficiência. A agenda também contará com uma aula de treinamento funcional, aula de yoga, uma roda de conversa sobre segurança alimentar e Oficina na Horta do Amanhã. Todas as informações estão no site.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Museu do Amanhã recebe exposição sobre a importância do coração na vida humana

Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Museu do Amanhã recebe exposição sobre a importância do coração na vida humana
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui