Na Universidade de Oxford, governador apresenta para grupos de trabalho programas de educação desenvolvidos no Rio

Cláudio Castro participou do segundo dia do encontro internacional sobre políticas públicas, na Inglaterra, ao lado do ex-primeiro-ministro britânico, Tony Blair

Os programas desenvolvidos pelo Governo do Rio de Janeiro na área da educação foram alguns dos temas de discussão do “Encontro de Lideranças: o Brasil e os brasileiros em seu máximo potencial”, na Escola de Governo Blavatnik, da Universidade de Oxford, na Inglaterra. O governador Cláudio Castro apresentou, nesta sexta-feira (25/11), em grupos de trabalho, investimentos como a modernização dos Cieps, o combate à evasão escolar, a construção de escolas bilíngues e o ensino tecnológico, para acadêmicos, especialistas e lideranças políticas brasileiras e de outros países. O evento contou com a participação especial do ex-primeiro-ministro britânico, Tony Blair.

– O Brasil é um país muito importante no cenário mundial e vejo a educação como um dos principais desafios para os governadores brasileiros. É preciso pensar como um pai na hora de traçar políticas públicas para o setor: oferecer aos estudantes o que você deseja para os seus filhos. Trocar experiências e traçar metas são essenciais para conseguirmos a mudança que almejamos – ressaltou Tony Blair.  

No fórum “O que significa trabalhar para que os brasileiros atinjam o seu máximo potencial?”, foram debatidos o futuro e o desenvolvimento do Brasil, com foco em investimento no capital humano. Os temas foram educação, diversidade e liderança, destacando o novo cenário deixado pela pandemia da Covid-19. Na mesa, o governador aproveitou para trocar experiências sobre ações que têm garantido avanços na educação e também no desenvolvimento do Estado do Rio, como o ensino integral e especializado.

– Elevar a educação do Rio de Janeiro a um patamar de excelência tem sido uma das minhas metas. Estamos transformando 50 Cieps em escolas tecnológicas, o maior projeto educacional das últimas décadas. As novas unidades são sustentáveis, têm aulas em tempo integral e em áreas como produção audiovisual e robótica. Até 2026, serão mais 120 colégios no mesmo modelo. Além do ensino convencional, oferecemos, em apenas dois anos, 70 mil vagas nas Faetecs, em cursos profissionalizantes – afirmou o governador.

Durante o painel, Castro apresentou ainda o projeto de ampliação das escolas interculturais, que conta com investimento de R$ 7,5 milhões. Hoje, o Estado do Rio tem 17 unidades, em horário integral e em idiomas como inglês, japonês, alemão, russo, mandarim e francês. O governador também falou sobre o combate à evasão escolar por meio do M.A.E – Mulheres Apoiando a Educação, que promove a busca ativa de estudantes que abandonaram as salas de aula.

– A iniciativa da Fundação Lemman é fundamental para que possamos construir, em conjunto com essas importantes lideranças políticas, iniciativas para a educação no Brasil e no Rio de Janeiro. Hoje, preparamos jovens para o mercado de trabalho, porque entendemos que isso gera desenvolvimento econômico para todo o estado. Educação é prioridade – disse Cláudio Castro.

O discussão de hoje contou com a participação do diretor Global de Educação do Banco Mundial, Jaime Saavedra, o chefe do Departamento de Ciências Sociais da Universidade de Oxford, Timothy Power, a professora de Políticas Públicas e diretora do Lemann Programme da Universidade de Oxford, Anna Petherick, a professora e coordenadora de Pesquisa de Educação da Universidade de Oxford, Clare Leaver, o fundador da Mahin Consultoria Anti-Racista, Giovani Rocha, e o representante do Ministério das Comunicações e Informação de Singapura, Aaron Maniam.

Último dia destaca o combate à fome

Neste sábado (26/11), o tema será “O processo de fazer a mudança acontecer”, com ênfase na colaboração e formação de coalizões. Serão debatidas ações de combate à fome e à corrupção. A mesa contará com a participação de representantes da Organização Mundial da Saúde e das Nações Unidas.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui