Nave de Prata completa 18 anos em Copacabana homenageando os 50 anos do Clube da Esquina

A paisagem mineira das montanhas e das tardes no interior se encontra com a vastidão do mar do Rio de Janeiro. É a banda Nave de Prata de volta aos palcos do Rio, dessa vez na Sala Baden Powell em Copacabana

O Show “Nave de Prata canta Clube da Esquina e Minas”, que passou por várias cidades do país, lotando teatros e casas de shows, retornará ao Rio, dia 6 de maio às 19:30h no palco do da Sala Baden Powell em Copacabana.  Esse show irá comemorar os 18 anos da banda, que conta com mais de 1 milhão de views e ouvintes em suas redes sociais e streamings.

Apesar de ser formada por integrantes jovens, todos de uma mesma escola do subúrbio carioca, influenciados diretamente pelo movimento mineiro do Clube da Esquina, a banda Nave de Prata tem demonstrado responsabilidades e qualidades musicais comuns aos veteranos em quem se espelham.  Suas principais influências são a banda mineira 14 Bis, Roupa Nova, Flávio Venturini, Lô Borges, Beto Guedes, o Clube da Esquina e o grupo de rock progressivo O Terço.

O show irá celebrar os 18 anos de estrada e nada melhor do que estar novamente com o público carioca, tão fiel e carinhoso com a Nave e comemorar os 50 anos do Clube da Esquina.

O grupo vai levar ao palco, além de músicas autorais da Nave, canções de Milton Nascimento, 14 Bis, Beto Guedes, Lô Borges, Skank e Jota Quest, com destaque para a releitura de “Planeta Sonho”, produzida por Ricardo Feghali do Roupa Nova e com a participação de Sérgio Magrão do 14 Bis nos vocais.

O Nome “Nave de Prata” é uma homenagem à canção homônima, composta pelo reverenciado tecladista e arranjador Vermelho (do 14 bis), uma das maiores referências musicais para os integrantes da banda. 

A Nave de Prata é formada por: Igor Sebastian (baixo e vocal), Raphael Guimarães (Teclados e Vocal), Heitor Mendes (guitarra e violão), Gustavo Mesquita (baixo) e Fellipe Almeida (bateria e percussão). 

Nave de Prata é uma banda de ontem, hoje e amanhã. Lembra em vários momentos o lirismo do rock mineiro, o escracho do pop-80, a melancolia rural dos anos 70. Isso tudo com uma roupagem fresca, fluida, que prima pela qualidade musical. Sem dúvida é uma banda contemporânea, que se inspira no passado e firma os olhos no futuro. Com grande qualidade técnica, belas composições e muita responsabilidade musical, A Nave de Prata é um vento novo no rock-pop-mpb brasileiro. É uma banda feita por sonhadores jovens para sonhadores de todas as idades. 

Música de qualidade é a bandeira desta jovem banda. E é justamente seguindo os passos dos veteranos que a Nave de Prata firma os olhos num futuro bastante promissor, digno de quem faz aquilo em que realmente acredita. Essa moçada está no caminho certo: Talento, coração, juventude e fé.

Serviço: 
Nave de Prata canta Clube da Esquina e Minas
Sala Baden Powell, Copacabana , RJ
Dia 6 de maio às 19:30h
Vendas: Sympla.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui