Navio de guerra sai do Rio para ajudar nos resgates após chuva no litoral de São Paulo

Na embarcação, estão empilhadeiras, barcos, caminhões-tanque e pás mecânicas que vão ajudar no trabalho de reconstrução

Foto: Reprodução/TV Globo

Um porta-aviões do Rio de Janeiro será levado ao litoral de São Paulo para auxiliar nos trabalhos de resgate e reconstrução após a chuva que deixou 46 mortos e mais de 40 desaparecidos na região. O navio ficava no Arsenal de Marinha, no Centro do Rio. Ele deixou a cidade às 12h e chega quinta-feira (22/02) pela manhã em São Sebastião, um dos pontos mais afetados pelas chuvas. As informações foram divulgadas pelo portal de notícias “g1”.

Na embarcação, estão empilhadeiras, barcos, caminhões-tanque e pás mecânicas que vão ajudar no trabalho de reconstrução. Além disso, também foi preparada no navio uma estrutura hospitalar com 300 leitos e 28 médicos, entre ortopedistas, cirurgiões, além de macas e ambulâncias.

Outra embarcação com rampa para ajudar no resgate de pessoas nas regiões afetadas também vai sair da Marinha do Rio com direção a São Sebastião. O Ministério das Comunicações vai enviar dez antenas para auxílio de comunicação via satélite.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui