Navio de guerra sai do Rio para ajudar nos resgates após chuva no litoral de São Paulo

Na embarcação, estão empilhadeiras, barcos, caminhões-tanque e pás mecânicas que vão ajudar no trabalho de reconstrução

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Reprodução/TV Globo

Um porta-aviões do Rio de Janeiro será levado ao litoral de São Paulo para auxiliar nos trabalhos de resgate e reconstrução após a chuva que deixou 46 mortos e mais de 40 desaparecidos na região. O navio ficava no Arsenal de Marinha, no Centro do Rio. Ele deixou a cidade às 12h e chega quinta-feira (22/02) pela manhã em São Sebastião, um dos pontos mais afetados pelas chuvas. As informações foram divulgadas pelo portal de notícias “g1”.

Na embarcação, estão empilhadeiras, barcos, caminhões-tanque e pás mecânicas que vão ajudar no trabalho de reconstrução. Além disso, também foi preparada no navio uma estrutura hospitalar com 300 leitos e 28 médicos, entre ortopedistas, cirurgiões, além de macas e ambulâncias.

Outra embarcação com rampa para ajudar no resgate de pessoas nas regiões afetadas também vai sair da Marinha do Rio com direção a São Sebastião. O Ministério das Comunicações vai enviar dez antenas para auxílio de comunicação via satélite.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Navio de guerra sai do Rio para ajudar nos resgates após chuva no litoral de São Paulo

Advertisement

Leia também

MP é acionado para investigar manifestantes que declaram apoio ao Hamas na frente da Câmara do Rio

Deputados propõem destinar R$15 milhões da Alerj para 10 municípios afetados por chuvas no RJ

Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui