Navio que bateu na ponte estava parado há 6 anos – Bastidores do Rio

Paes pode ter PT como vice em 2024, Portinho vai sendo unanimidade para Presidente do Senado, de bolsonarista a chamar impeachment de Dilma de golpe

Quintino Gomes Freire| Foto: Rafa Pereira - Diário do Rio

Victer Avisou
Bem que Wagner Victer, nos anos 2000, como então Secretário de Energia, Indústria Naval e Petróleo tentou tirar dezenas de navios abandonados e esquecidos na Baía de Guanabara, acionou Marinha (DPC), FEEMA, MP. Nada conseguiu, a pressão contra foi forte, hoje um navio ancorado há 6 anos bateu na Ponte Rio-Niterói.

Tudo para perder
Não há ideia pior de que o PT indicar o vice de Eduardo Paes em 2024, especialmente em uma cidade que deu vitória a Jair Bolsonaro.

Tudo para perder II
Com Paes querendo ser governador em 2026, um vice do PT será usado fortemente por seus adversários e vai tirar votos preciosos.

Para Fecomercio
O belíssimo prédio da ACRJ, no Centro do Rio, já tem comprador, deve ser a Fecomercio.

Sem atenção
A vergonha cometida pelos flamenguistas no Centro do Rio mostra a falta de planejamento de segurança do Governo do Estado e da Prefeitura do Rio. Será que vais ser assim agora?

Aniversariante
Eduardo Paes comemora hoje 55 anos, o 10º aniversário como prefeito. Comemora aliviado depois da vitória de Lula como prefeito, e ainda durante o feriado dos funcionários públicos. Mas o fim do dia foi com a má notícia do acidente na Ponte Rio-Niterói…

Chegando lá
Aos poucos vai se formando consenso para que o Senador Carlos Portinho seja o candidato do PL para presidente do Senado, e com apoio do PP. Será o primeiro presidente carioca do Senado desde Nelson Carneiro.

Mudanças
Tem gente que era bolsonaristas até o fim de outubro e agora chama o impeachment de Dilma de golpe.

No Rio
Quem está no Rio é André Janones, cotado para ser ministro de Lula. Ele almoçou com o presidente do Avante no estado, Vinicius Cordeiro.

Sem cariocas
É por falar em ministro, até o momento nenhum dos prováveis ministros de Lula parece ser do Rio de Janeiro. Um desprestígio para o estado que hoje tem o presidente da República.

A ver navios
Juliana Benício
, que foi candidata do Novo a prefeita de Niterói em 2020, esperava tentar novamente a cadeira por outro partido com apoio de partidos do Centro, como o PSD.

A ver navios II
Acontece que Eduardo Paes deve apoiar o atual alcalde, Axel Grael. A moça está magoadíssima.

Advertisement

4 COMENTÁRIOS

  1. Como a esquerda não se identifica com o Paes e os votos bolsonaristas ele não terá mais, só resta á ele virar esquerdinha militante. Se optar por candidatura independente tá arriscado ficar de fora do 2º turno em 2024 pois a polarização continuará firme e forte.

  2. “Será o primeiro presidente carioca do Senado”

    Quanta arrogância já cravar que ele será presidente com o Pacheco concorrendo a reeleição e com apoio do Planalto.

    “Um desprestígio para o estado que hoje tem o presidente da República”

    Bom, foi o Rio que escolheu isso ao apoiar o inominável da República. Agora chora.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui