Niterói terá curso de barbeiro para moradores de rua acolhidos na cidade

Ao todo, serão 40 vagas, com o curso tendo duração de 4 meses; inscritos receberão material completo tanto para os estudos quanto para atuarem profissionalmente após o fim da formação

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Imagem meramente ilustrativa de homem atuando como barbeiro - Foto: Divulgação/Prefeitura de Niterói

A Prefeitura de Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, disponibilizará à população em situação de rua acolhida na cidade um curso de qualificação como barbeiro.

A iniciativa tem como objetivo capacitar as pessoas atendidas visando a geração de trabalho e renda, garantindo, assim, autonomia financeira e possibilidade de conclusão do ciclo de institucionalidade na qual vivem atualmente.

Ao todo, serão oferecidas 40 vagas, com o curso tendo duração de quatro meses. Os inscritos receberão material completo tanto para os estudos quanto para atuarem profissionalmente após o fim da formação.

Paralelamente, ao término do curso, os participantes serão capacitados para atuarem de maneira coletivizada, com a perspectiva de formação de uma cooperativa de serviços, acompanhada pelo Banco Arariboia.

Advertisement

Vale ressaltar que a Secretaria de Assistência Social e Economia Solidária de Niterói, responsável por comandar o projeto, já promoveu três iniciativas similares: ”Cooperativa Terra Viva”, em Santa Bárbara; ”Gastronomia Sustentável”, no Morro da Penha; e ”Cuidadoras de Idosos”, no Centro.

”Unir assistência social e economia solidária foi uma decisão importante do prefeito Axel Grael, que possibilita numa mesma pasta o acolhimento de quem está em vulnerabilidade social, e o processo de inclusão ao trabalho através das perspectivas da economia solidária, como a coletivização, autogestão. Isso também prova que o Banco Arariboia é um instrumento de inclusão social”, destaca o secretário Elton Teixeira.

As inscrições para o curso começaram na última quinta-feira (29/02) e vão até o próximo dia 07/03. O processo de inscrição é interno, realizado pelas equipes técnicas dos equipamentos socioassistenciais que atuam com a população em vulnerabilidade que necessitam de acolhimento institucional.

As vagas são exclusivas para as pessoas atendidas pelas unidades de acolhimento institucional e pelo Centro de Atendimento à População em Situação de Rua, mais conhecido como Centro Pop.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Niterói terá curso de barbeiro para moradores de rua acolhidos na cidade
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui