No primeiro dia de Carnaval, mais de mil produtos ilegais foram retirados das ruas

Além disso, 57 estruturas, de médio e grande porte, foram retidas, três motos elétricas, dois botijões de gás, uma churrasqueira, cadeiras, bancos, utensílios de cozinha e quatro armas brancas

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação/Seop

No primeiro dia de operação do Carnaval no entorno do Sambódromo, a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) e a Guarda Municipal do Rio (GM-Rio) apreenderam mais de mil bebidas diversas que seriam vendidas ilegalmente, sendo 180 em garrafas de vidro e 56 maços de cigarro. Além disso, 57 estruturas, de médio e grande porte, foram retidas, três motos elétricas, dois botijões de gás, uma churrasqueira, cadeiras, bancos, utensílios de cozinha e quatro armas brancas. 

Foram registradas ainda duas prisões de cambistas pelos guardas dos Grupamentos de Operações Especiais (GOE) e Tático Móvel (GTM). As duas prisões aconteceram no entorno do Sambódromo e com um dos cambistas, os guardas encontraram dez ingressos. As equipes da GM-Rio também registraram a intervenção em cinco tumultos.

Durante a operação de ordenamento do trânsito, 106 multas foram aplicadas, 35 veículos removidos, sendo uma van pirata. Já os agentes de táxis abordaram 214 profissionais e multaram 27.  Nos bolsões de táxi, a tabela com a estimativa de preços está disponível para todos os passageiros consultarem o valores. Essa iniciativa é para ajudar os foliões e cariocas a terem uma noção dos valores aproximados das corridas. Lembrando que a viagem é sempre com o taxímetro ligado. 

Ao longo da sexta-feira (09/02) e no início da noite, os agentes da SEOP realizaram a entrega das licenças aos ambulantes de pontos fixos autorizados pela prefeitura para trabalharem nesse período. A GM-Rio distribuiu cerca de 40 pulseiras de identificação para crianças que estavam presentes na Sapucaí.

Advertisement

Leia também

Custas judiciais aumentaram 45% no estado do Rio de Janeiro nos últimos dois anos

Proposta do BNDES para o Centro do Rio inclui calçadões e parque no Canal do Mangue

As equipes da Seop e da GM-Rio também atuaram na sexta-feira no ordenamento urbano e do trânsito para os desfiles dos blocos em todas as regiões da cidade. Durante as missões, foi registrado a apreensão de um adolescente por furto de celular no desfile do bloco Bancários, no Centro do Rio. Após a apreensão do adolescente, outros jovens iniciaram um tumulto e apedrejaram duas viaturas da GM-Rio. Ainda foram registrados dois auxílios em situações emergenciais e um caso de criança perdida.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp No primeiro dia de Carnaval, mais de mil produtos ilegais foram retirados das ruas

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui