Nossa Senhora da Apresentação: a igreja mais antiga do Rio de Janeiro

A primeira igreja de nossa cidade foi a de São Sebastião, demolida no extinto morro do Castelo. Com isso, a Nossa Senhora da Apresentação, que fica em Irajá, passou a ser a que existe há mais tempo na cidade do Rio

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Igreja Nossa Senhora da Apresentação

Em 1613, como mostra um portal de granito na entrada do templo, foi erguida a Igreja de Nossa Senhora da Apresentação, no atual bairro de Irajá. Os relatos mostram que a construção foi do Padre Jesuíta Gaspar da Costa, seu primeiro vigário.

Na época, a extensão geográfica da Paróquia era muito grande, abrangendo toda a zona suburbana, estendendo-se desde a Pedra Branca, na serra de Bangu, até Guaratiba, Campo Grande, Vasconcelos, Santíssimo, Camará, Bangu e Realengo e as regiões do Medanha e Guandu do Sena”, detalha o texto Templos Católicos do Rio de Janeiro, de Orlindo José de Carvalho.

No ano de 1644, o Prelado Antônio de Marins Loureiro criou a Paróquia de Nossa Senhora da Apresentação, sendo a Capela fundada pelo Pe. Gaspar da Costa elevada à condição de Igreja Matriz.

Advertisement
20b532 2c42db0eae6b4c53ab09bf2c24893fcemv2 Nossa Senhora da Apresentação: a igreja mais antiga do Rio de Janeiro

Uma nova reforma foi efetuada em 1695, com a construção da Capela-mor e do coro, muitos anos após a fundação da nave.

Já no século XX, 1926, o então pároco Padre Januário Tomei coneguiu apoios e e realizou nova reforma e a pintura da igreja de Nossa Senhora da Apresentação.

Na década de 1940, novos reparos foram feitos na igreja. Em 1946: “O vigário de então, Pe. Juan Luiz Garrido, conseguiu fundos e realizou fundamental reforma no templo, inclusive com a abertura de uma janela em cada parede lateral, para ventilação e iluminação da nave. À esquerda do altar-principal, a secretaria guarda móveis antigos e documentos antiquíssimos de batizados e casamentos. Ao fundo, em altar de talha, além de outras imagens, há uma de Nossa Senhora das Dores, em madeira e com delicados acabamentos, datado de mais de 200 anos. Conta-se que D. Pedro II, quando se dirigia ao Palácio Imperial de Petrópolis, fazia seu cortejo passar na Igreja de Nossa Senhora da Apresentação para suas orações. Hoje a Igreja continua com suas atividades pastorais e evangelizadoras, relembrando um passado glorioso na história religiosa de nossa cidade“, explica o site da igreja.

Igreja apresentacao 1946 1 Nossa Senhora da Apresentação: a igreja mais antiga do Rio de Janeiro

A Igreja em 1946. Foto: arquivo de Houlz

Embora tenha passado por muitas reformas, a Igreja de Nossa Senhora da Apresentação ainda mantém relíquias como o altar-mor, o sacrário e a pia batismal e a imagem de Nossa Senhora da Apresentação, feita em madeira.

Os sinos atuais foram construídos a partir das peças do antigo, inaugurado pelo pároco Jan Kaleta em 8 de novembro de 1989, com a presença do cardeal na época, Dom Eugênio Sales.

A Igreja tem capacidade para 155 fiéis sentados. A Matriz desenvolve obra de ação social e comunitária e mantém o Externato Santa Philomena.

SERGIO CASTRO - A EMPRESA QUE RESOLVE, desde 1949
Com mais de meio século de tradição no mercado imobiliário do Rio de Janeiro, a Sergio Castro Imóveis – a empresa que resolve contribui para a valorização da cultura carioca

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Nossa Senhora da Apresentação: a igreja mais antiga do Rio de Janeiro
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui