Nota conjunta dos 3 poderes do RJ repudia invasões em Brasília

Texto é assinado por autoridades do RJ cita 'empenho no combate' a 'ameaças ao estado democrático'

Bolsonaristas sobem no Congresso Nacional, em Brasília (Foto: Afonso Ferreira/TV Globo)

Autoridades do Rio de Janeiro divulgaram uma nota conjunta de repúdio à invasão ocorrida em Brasília neste domingo (08/01). No documento, os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário fluminense condena qualquer tentativa de agressão à preservação dos direitos e garantias fundamentais da democracia.

A liberdade de expressão das diversas correntes políticas deve ocorrer sem recurso à violência ou ameaças que ponham em risco a coexistência pacífica dos diferentes segmentos da nossa sociedade. A luta pela democracia é pacífica e a manifestação da vontade popular, vertida no resultado de eleições diretas, livres e secretas, é o sinal máximo da autoridade do povo brasileiro em nosso sistema representativo. O Estado do Rio de Janeiro, símbolo do respeito à pluralidade e da união dos defensores do regime democrático, reforça o seu compromisso com a Constituição da República de 1988 e rechaça qualquer tentativa de agressão às suas instituições“, diz o texto.

O documento ainda completa: “os signatários reiteram seu empenho no combate a qualquer iniciativa que possa ameaçar o Estado Democrático de Direito e afirmam que a democracia encontrará um bastião seguro para sua defesa no Estado do Rio de Janeiro“.

Assim o documento, o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, o presidente do Tribunal de Justiça do Rio, Henrique Figueira, o presidente da Assembleia Legislativa do Rio, André Ceciliano, o presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, Guilherme Calmon, o procurador-geral de Justiça, Luciano Mattos, e a defensora pública do RJ, Patrícia Cardoso.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui