Nova linha de ônibus e um serviço especial complementar começam a operar na Zona Oeste

Com esses dois trajetos, um total de 75 serviços de ônibus já voltaram a operar na cidade

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Daniel Martins/Diário do Rio

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Transportes (SMTR), informa que mais dois serviços de ônibus entram em operação a partir desta quarta-feira (02/08), em atendimento à Zona Oeste. A linha 841 fará o trajeto Inhoaíba x Campo Grande.

Já a SV 383 ligará Padre Miguel à Praça da República, via Sulacap. Este é um serviço especial complementar à linha regular 383, com saídas em horários específicos.

Com essa novidade, serão 75 serviços de ônibus a mais na cidade desde o dia 1º de junho, quando começou a vigorar o acordo judicial firmado entre o Município, os consórcios de ônibus e o Ministério Público Estadual. Só na Zona Oeste, são 26 linhas a mais. O plano operacional tem como objetivo regularizar, de forma gradual, o serviço de ônibus para atender todas as regiões da cidade.

Este reforço na operação representa a reativação de mais de 600 pontos de ônibus em todo o município, a maioria deles na Zona Oeste: Santa Cruz (104), Sepetiba (72) e Campo Grande (57) foram os bairros que mais reativaram pontos.

Advertisement

Conforme foi estabelecido no acordo judicial, além da receita da tarifa paga pelos passageiros de R$ 4,30, os consórcios recebem um valor adicional pelo serviço efetivamente prestado com base no quilômetro rodado. A prefeitura atesta a quilometragem rodada por meio de GPS.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Nova linha de ônibus e um serviço especial complementar começam a operar na Zona Oeste
Advertisement

5 COMENTÁRIOS

  1. Boa tarde, Gostaria de saber se estão olhando aqui pra zona oeste, Bangu ,pro sub bairro Jardim Bangu, os ônibus da linha 819, estão mal conservados sem ar-condicionado , demora demais , por favor coloca mais aqui para circular

  2. Como usuário da 841 não vi o ônibus em questão. Segui como sempre meu trajeto ao trabalho via van. Tudo como dantes, no quartel de Abrantes !

  3. Espero que o prefeito Eduardo país olhe para estrada da posse santíssimo não tem ônibus de campo crande pela estrada da posse em santíssimo é covardia tiraram as linhas 398 e 395 os moradores passa pelo maior persegue sem condução cadê a ajuda da zona oeste o povo sofre para pegar trem para ir para cidade vamos olhar ae prefeito tem muitos trabalhadores que precisam. Fora quem vai para consulta na cidade. Esperamos pela sua ajuda.obrigado..

  4. Essas linhas criadas pela secretaria Municipal de transportes da capital não passam de “engana bobo”
    muitas delas não circulam com a quantidade de carros satisfatória e só operam em determinados horários

  5. Notas de assessoria de imprensa são feitas por quem não as lê. Se os autores lessem, tinham vergonha e não escreviam. E a da PMRJ é e-x-c-e-l-e-n-t-e!!! Reativação de pontos de ônibus? É o serviço que tem que funcionar, não o ponto de parada. Ou alguém acredita que Van, Kombi ou Uber para naquele local. Mas claro, lançar na mídia um número tipo “mais de 600 pontos” é bacana, (pre)enche…o que você quiser. Por fim, se a matéria do DRio for informativa para gerar uma cidade melhor, puxem dessas 75 linhas a quantidade de ônibus que foi disponibilizada para a população. Sendo coisas do tipo 2 ônibus de manhã e a noite fazendo 4 horários não adianta. Tem que ser consistente e estar durante todo o dia. é só ver as notas das pesquisas do Rio21 sobre transporte para confirmar o sentimento do carioca, que tem tanto orgulho. Dúvidas, http://transportes.prefeitura.rio/subsidio/

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui