Nova reitora da Uerj é a segunda mulher a ocupar cargo após intervalo de 24 anos

A nova reitora, empossada pelo Governador Cláudio Castro, destacou o papel da universidade no desenvolvimento do Estado

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Governador Cláudio Castro dá posse à nova reitoria da UERJ, em cerimônia no Palácio Guanabara. (Rogério Santana)

Em cerimônia realizada no Palácio Guanabara, a nova reitoria da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) tomou posse nesta quarta-feira (10/01). A Dra. Gulnar Azevedo e Silva assumiu o cargo, juntamenete com vice-reitor, o professor do Instituto de Letras Bruno Deusdará. Ambos foram eleitos pela comunidade acadêmica para liderar a instituição no período de 2024 a 2027.

A UERJ volta a ter uma mulher como reitora, 24 anos depois da médica Nilceia Freire, que esteve no cargo de 2000 a 2003. A nova reitora, empossada pelo Governador Cláudio Castro, destacou o papel da universidade no desenvolvimento do Estado.

A Dra. Gulnar Azevedo e Silva possui graduação em Medicina pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), é titular do Instituto de Medicina Social Hésio Cordeiro e foi presidente da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco).

Atualmente desenvolve pesquisas no campo da epidemiologia de doenças crônicas não-transmissíveis com ênfase na epidemiologia aplicada à avaliação de políticas de prevenção e controle do câncer.

Advertisement

Leia também

Proposta do BNDES para o Centro do Rio inclui calçadões e parque no Canal do Mangue

Há quarenta anos fazendo fantasias com materiais recicláveis, ex-empregada doméstica se destaca em concursos e tem fotos espalhadas pelo mundo

Assumo essa missão com muita responsabilidade. Os desafios dessa gestão não serão apenas técnico-administrativos, mas principalmente os relacionados à potencialização dos vínculos concretos no desenvolvimento humano, social e econômico do país, em particular no Rio de Janeiro”, declarou a reitora.

O governador Cláudio Castro, falou da importância da UERJ e destacou o respeito do Governo do Estado à instituição.

  • Desejo aos novos reitores uma gestão com muitos frutos à frente desse patrimônio do Rio de Janeiro, que é a UERJ. Tenho muito respeito por esta instituição. Nos últimos três anos, não contingenciamos nenhum recurso destinado para a UERJ porque entendemos sua relevância na sociedade, principalmente para o desenvolvimento do nosso estado. Com esta nova fase na Uerj, reiteramos nosso compromisso de trabalhar para fortalecer as nossas universidades”, ressaltou o governador.
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Nova reitora da Uerj é a segunda mulher a ocupar cargo após intervalo de 24 anos

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui