Novas imagens mostram que ladrão que furtou igreja entregou peça sacra do século XVIII para comparsa

Ostensório foi furtado da Igreja São Francisco de Paula, no Centro do Rio, em novembro do ano passado

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Reprodução

Novas evidências capturadas por câmeras de segurança revelam que o ostensório furtado da Igreja São Francisco de Paula, no Centro do Rio, foi levado por uma segunda pessoa. O crime ocorreu em 4 de novembro do ano passado, e, até o momento, a peça do século XVIII, tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), permanece desaparecida.

Dois dias após o incidente, a Polícia Civil identificou e deteve o indivíduo inicialmente considerado suspeito da invasão e furto da obra. As câmeras de segurança registraram o momento em que ele quebrou o vidro do armário e levou o ostensório consigo. Contudo, o suspeito foi liberado pouco tempo depois, pois não estava em situação de flagrante. Desde então, a polícia vinha investigando a possível existência de um cúmplice.

Imagens divulgadas anteriormente ao roubo exibiam o segundo suspeito passando fora da igreja, do lado direito do vídeo, segurando sacolas. Depois, o ladrão que invadiu a igreja aparece à esquerda. As novas imagens, em preto e branco, agora mostram o ladrão saindo da igreja com a peça na mão, dirigindo-se ao muro, enquanto o outro indivíduo se aproxima do lado de fora. Nesse momento, o ladrão entrega o ostensório ao segundo homem, que o recebe e foge correndo pela rua.

Uma parte do material furtado, incluindo uma adaga, um crucifixo de plástico, um de brilhantes e a base do ostensório, foi recuperada no jardim da igreja. No entanto, o ostensório em si permanece desaparecido.

Advertisement

O caso está sob investigação da Polícia Federal.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Novas imagens mostram que ladrão que furtou igreja entregou peça sacra do século XVIII para comparsa
Advertisement

2 COMENTÁRIOS

  1. Tudo isso é muito triste.

    Mas, falando em Igrejas…Mais uma vez faço um alerta (que já fiz aqui): O que será da abandonada “Igreja de Nossa Senhora da Imaculada Conceição e Boa Morte” na esquina da Rua do Rosário com Av. Rio Branco? Abandonada desde a pandemia…nunca mais abriu! Está fechada…mas o que está acontecendo ó ARQUIDIOCESE DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO? Dom Orani!? É uma Igreja Histórica! Que será dela? Creio que deva ser Ordem Terceira, pelo visto. Mas…alguma decisão deve ser tomada. Abandonada pela ARQUIDIOCESE, por assim dizer…é um prato cheio para furtos e até mesmo invasões. Sonho com o dia em que ela será reaberta e quem sabe com – ao menos um dia na semana – com a Missa Tridentina? Bom…seria legal – é Histórica.
    Bom é isso. Que sejam tomadas as devidas providências para que seja reaberta o mais rápido possível esse oásis no centro da cidade do Rio de Janeiro.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui