Goleiro Bruno do Flamengo Não gosto de entrar em assuntos das colunas policiais mas nessa questão do goleiro do Flamengo, Bruno, é impossível ficar de fora deste debate. Ainda não sabe se ele foi culpado ou não da morte de Eliza mas não há como ele continuar no Flamengo com estes antecedentes.

 

Sabemos que jogadores de futebol tem fama de mulherengos, gostam de night e alguns são até brigões mas quando vira um caso de violência contra mulher, em um clube comandado por uma mulher, é preciso dar o exemplo. Afinal, crianças usam estes atletas como exemplo e o que Bruno com declarações sexistas, violência, é a pior possível.

O Flamengo já deveria ter declarado a demissão do jogado, pelo menos como uma satisfação aos patrocinadores. Ou alguma marca vai querer estar no corpo de um criminoso?

 

Mas, dando uma pausa, todo o carioca gosta de sair com bom humor mesmo em situações como estas. Uma forma de aliviar, veja algumas delas retiradas do Twitter, em especial do @blogolscarlos do Blogols e do @kibeloco, entre outros

  • Na boa, o Flamengo tem um bom time… o que mata é o goleiro… Há!
  • O goleiro Bruno está foragido, eu se fosse a polícia ía atrás do Montillo em BH, ele já ENCOBRIU o Bruno uma vez, hehehe
  • Torcida: "Bruno, cadê vc? Cadê vc? / Lá no sítio não te vi / Aqui no Rio não está / A polícia te procura / Tu vai fugir ou se entregar?
  • Macarrão, Coxinha, presunto, galinha… esse caso Bruno parece pobre indo à prai
  • Larissa Riquelme no caderno de esportes, Bruno na página policial e Belo nas colunas sociais. Virou bagunça, né?
  • O Bruno matou e quem comeu os ossos foi o Felipe Melo
  • Comente

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui