O desarmamento civil será debatido no Palácio Maçônico do Lavradio

Para muitos maçons, a abertura da instituição para o debate sobre temas de interesse da sociedade é uma tendência irreversível

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Fachada do Palácio Maçônico / Reprodução

“Liberdade x Desarmamento Civil” será o tema da palestra pública que será realizada, no dia 10/09, às 9h, no Palácio Maçônico do Lavradio, localizado na Rua do Lavradio, nº 97, no Centro do Rio.

Considerada uma sociedade secreta, a Maçonaria abre as suas portas para receber o público interessado na discussão sobre o desarmamento civil e os seus desdobramentos. Klaus Fins, maçom e advogado, ressalta que a abertura da Ordem Maçônica para a discussão de temas de interesse da sociedade é uma tendência irreversível.

“A participação da Maçonaria na vida social com seus ideais de Liberdade, Igualdade e Fraternidade é altamente positiva tanto para demonstrar os reais objetivos da mesma como para também contribuir com o desenvolvimento da sociedade brasileira”, afirmou Klaus

A Maçonaria foi uma entidade que desempenhou um decisivo papel nos mais variados momentos históricos brasileiros, entre eles destacam-se: a Abolição da escravatura, a Independência, e o golpe republicano, de 1889, que derrubou a Monarquia.

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp O desarmamento civil será debatido no Palácio Maçônico do Lavradio
Advertisement

9 COMENTÁRIOS

  1. Acho até pertinente a Ordem Maçônica debater temas de relevância à Sociedade, mas acima de tudo devemos cobrar dos legisladores mudanças que atendam os anseios da População (e principalmente daqueles que pertencem à Ordem e foram eleitos para ocupar um cargo público)…!!!
    Parabenizo os IIr.·. pela Excelente iniciativa, transmito um T.·.F.·.A.·. à todos os IIr.·. e o minha Respeitosa saudação à todos…!!! !!! !!!

  2. Excelente colocação, teria que discutir a forma de desarmar a bandidagem e não o Povo de Bem.
    Afinal de contas a Maçonaria prega o bem estar de toda sociedade de bem.
    Vou mais, que tal a Maçonaria combater os profanos de avental que estão nos quadros de obreiros e são idolatrados por alguns maçons bajuladores, a limpeza tem que começar de dentro pra fora.
    Quando vão começar a limpeza???

  3. Acredito que trata-se de um passo importante para a Maçonaria. Se aproximar da sociedade afim de debater e compreender os seus anseios é fundamental para a construção de uma sociedade justa e mais igualitária.
    Ressalto que o posicionamento da ordem sempre foi em defesa da sociedade e da família, combatendo os injustos e criminosos durante sua jornada. Diante do exposto não é propósito da Arte Real suprimir direitos, nem tão pouco fragilizar ainda mais a sociedade.
    Parabéns aos IIr.´. pela iniciativa! T.´.F.´.A.´.

  4. Não consigo ser contra o desarmamento. Mas também não consigo ser tão a favor em um país que não tem historicamente “intimidade” com armas de fogo. Além do mais, uma coisa é você ter uma população armada por opção e outra é por necessidade. Quando se faz por necessidade é a certeza da barbárie, já que a “lei” será determinada pelo portador do maior arsenal e não pelo Estado. O que deveria ser tratado é a política socioeconômica junto com a segurança pública, diminuindo a distância entre os grupos sociais, para aí sim termos uma população seguramente armada

  5. Sinceramente, é uma maravilha! Desde que: os Maçons em sua maioria se posicionem à favor do armamento!!! Pois em minha opinião pessoal a Instituição Maçonaria sendo Filosófica; Filantrópica e Progressista, e seu lema LIBERDADE IGUALDADE E FRATERNIDADE deve sempre enfrentar os déspotas; tiranos; ditadores e tantos outros contrários à nossa total e plena LIBERDADE, como os grandes heróicos do nosso passado.

  6. Que tal a Maçonaria debater o desarmamento da bandidagem? As diferentes facções criminosas que operam no Estado do Rio de Janeiro têm acesso à armamento de alto poder destrutivo, muito dos quais de uso restrito às Forças Armadas. Suprimir o direito do cidadão de bem ter acesso à arma legalizada e controlada é algo indefensável.

    • Excelente colocação.
      Vou mais, que tal a Maçonaria combater os profanos de avental que estão nos quadros de obreiros e são idolatrados por alguns maçons bajuladores, a limpeza tem que começar de dentro pra fora.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui