Obras incluem reforma de sete decks do entorno do espelho d’água e projeto de despoluição. Foto: Marco Antônio Rezende/ Prefeitura do Rio

As obras de revitalização da Lagoa Rodrigo de Freitas terão início esta semana. O anúncio foi feito pelo secretário municipal de Meio Ambiente, Bernardo Egas, na sexta-feira, 10/01. Inicialmente, haverá a reforma de sete decks do entorno do espelho d’água, com a substituição da madeira apodrecida e a reconstrução de guarda-corpo para proteção dos usuários.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

Fizemos uma vistoria no entorno da Lagoa e nos rios Rainha e Dos Macacos, que desaguam nela, e ouvimos denúncias de moradores sobre vazamentos irregulares na calha desses rios – informou Bernardo Egas.

A revitalização ocorrerá em quatro etapas. Na primeira, será feita a consolidação de áreas de conservação no entorno, num Mosaico da Lagoa, cujo conselho gestor terá a participação dos moradores. Depois, haverá a reforma dos decks. Na terceira, uma força-tarefa integrada pela secretaria e pela Rio-Águas usará robôs para inspecionar a rede de drenagem no entorno. O objetivo é flagrar despejos irregulares de esgoto.

Na última etapa, o programa Lagoa.RIO começará as obras de despoluição das águas com a implantação do projeto concebido pelo engenheiro Paulo Cesar Rosman, professor da Coppe/UFRJ. O plano ampliará a ligação do mar com a Lagoa, por meio de dutos, aproveitando o movimento das marés.

Para garantir o financiamento da quarta fase, Egas participou, em dezembro, da COP 25, conferência das Nações Unidas em Madri. Na ocasião, firmou convênio com o R-20 (Regions of Climate Action), ONG fundada em 2011 por Arnold Schwarzenegger, em parceria com outras instituições, como ONU, empresas de tecnologias limpas e centros acadêmicos. O objetivo é auxiliar projetos voltados para o meio ambiente.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui