Obras para colocar placas de concreto na praia da Barra são paralisadas por risco de danos ambientais

MPF afirma que a instalação das placas podem alargar a praia e facilitar que as ondas cheguem com facilidade ao calçadão em dias de ressaca

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Reprodução/TV Globo

A Prefeitura do Rio interrompeu obras de instalação de placas de concreto na Praia da Barra, na Zona Oeste do Rio, nesta quarta-feira, (01/02), após uma recomendação do Ministério Público Federal (MPF). Segundo o MPF, a obra não tem autorização da Secretaria de Patrimônio da União, órgão responsável pelas praias, e pode causar danos permanentes na natureza.

A obra tinha como objetivo instalar placas por baixo da areia. Um laudo enviado pelo Ministério, com a assinatura de dois peritos, além de um parecer assinado por 26 professores universitários federais, indica que as placas poderiam alargar a praia e facilitar que as ondas chegassem ao calçadão em dias de ressaca, além de causar erosão, que são considerados graves danos ambientais.

O Ministério Público Federal afirma ainda que vai apurar se houve crime ambiental.

A Prefeitura do Rio informou que “recebeu na terça-feira as recomendações do Ministério Público Federal sobre as obras referentes ao trecho da obra da praia da Barra e, enquanto as analisa, paralisou as ações no local, como publicado na edição desta quarta-feira no Diário Oficial. Ainda na terça-feira, o município protocolou no portal do Ministério Público Federal mais de 100 documentos relativos aos ensaios, estudos de engenharia costeira, elementos técnicos e projetos que corroboram as obras de recuperação dos taludes da Barra da Tijuca“.

Advertisement

Leia também

AquaRio promove primeira sessão para pessoas com Autismo

Lula retorna ao Rio para inauguração do Terminal Gentileza nesta sexta-feira

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Obras para colocar placas de concreto na praia da Barra são paralisadas por risco de danos ambientais

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui