Ocupação hoteleira do Rio deve chegar a quase 90% durante o Carnaval

Além dos desfiles e blocos de rua e da festa na Marquês de Sapucaí, festas privadas prometem impulsionar economia local

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Blocos de rua no Rio de Janeiro (Foto: Reprodução internet)

O Carnaval carioca anima o setor turístico, que aguarda uma temporada promissora para o período entre a sexta-feira (9) e a quarta-feira de Cinzas (14). Levantamento do Visit Rio Convention Bureau prevê uma ocupação média de 87% dos hotéis na cidade no período. Quanto aos pontos turísticos e passeios contratados, a Destinow, plataforma que integra os serviços da cidade projeta um aumento de 35% nas vendas na comparação com o ano passado.

Conhecido internacionalmente pelos desfiles das escolas de samba e mais recentemente pelos blocos de rua, o Carnaval do Rio vai contar com mais de 50 festas privadas, oferecendo uma programação diversificada para todos os tipos de foliões.

O Rio se consolida, cada vez mais, como um dos principais destinos do país para celebração do Carnaval, que exerce um papel crucial no impulsionamento do turismo e no fortalecimento da economia local. Quando a cidade amplia sua oferta de eventos para além das tradicionais manifestações carnavalescas, ela atrai ainda mais visitantes e reforça sua identidade como um destino democrático que acolhe a todos”, disse o presidente-executivo do Visit Rio, Carlos Werneck.

Do samba ao eletrônico

São 453 blocos autorizados pela Prefeitura a desfilarem na cidade, sendo dez megablocos capazes de atrair mais de 100 mil foliões. Entre as festas privadas, o destaque é o tradicional Baile do Copa. A edição de 2024 do evento foi batizada de Extravangarde, tema inspirado nos principais movimentos artísticos vanguardistas do século 20.

Advertisement

Leia também

Rio terá observatórios para estudos climáticos; 1º será no Complexo do Alemão

Balão é ‘abatido’ antes de cair no Aeroporto do Galeão

Há, no entanto, alternativas para atender a uma variedade de preferências e estilos. No sábado de Carnaval, entusiastas da música eletrônica, por exemplo, podem aproveitar o ElectroCarna, na Gamboa; a Festa Black Eletronic Carnival, no Vivo Rio; ou o Rio Music Carnival, na Marina da Glória. Nos três dias seguintes, a Marina da Glória sedia o Carnaval das Artes, festival de música que conta com atrações como Ludmilla, Péricles e Luisa Sonza, entre outras. A expectativa do evento é receber cerca de 15 mil pessoas por dia.

Antes mesmo do início oficial da folia, a cidade já se rendeu à festa. No início de janeiro, tiveram início os ensaios técnicos das escolas de samba e, no dia 13 de janeiro, os blocos oficiais já desfilavam pelas ruas. Em 3 de fevereiro, no domingo que antecede o Carnaval, o Rio Arena espera receber 15 mil pessoas para o Bloco da Preta. Esse movimento estimula o long stay (permanência prolongada), já que muitos visitantes antecipam a chegada para aproveitar o pré-Carnaval.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Ocupação hoteleira do Rio deve chegar a quase 90% durante o Carnaval

Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Ocupação hoteleira do Rio deve chegar a quase 90% durante o Carnaval
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui