Pracinha localizada em frente ao ''Espaço Bar e Bistrô'' costuma ficar movimentada - Foto: Divulgação

A Vila da Penha, bairro da Zona Norte do Rio de Janeiro situado próximo à Irajá, Vista Alegre e Vicente de Carvalho, entre outros, sempre foi uma região bastante residencial e de “apego” entre seus moradores.

Além do Carioca Shopping – que, embora não seja um empreendimento tão renomado assim comparado a outros da cidade, conta com o carinho de quem frequenta o bairro -, a “VP” (como é carinhosamente chamada) possui diversas pracinhas. É muito comum na região ver famílias frequentando esses locais, levando crianças para brincar e lanchar, principalmente nos finais de semana.

E é impossível pensar em Vila da Penha sem mencionar a popular Avenida Oliveira Belo, localizada próxima ao Largo do Bicão.

A Oliveira Belo é o principal point do bairro para quem gosta de se exercitar ao ar livre. Além de possuir uma academia popular na singela pracinha existente em sua extremidade final, a rua tem, no total, 1,7km de extensão em sua parte mais “famosa”, onde, diariamente, inúmeras pessoas correm e/ou caminham em volta do Rio Quitungo, que a “divide”.

Caminhadas e corridas na Oliveira Belo são rotina na Vila da Penha – Foto: Reprodução/Internet

Mas, para quem prefere comer e beber ao invés dos exercícios físicos, a Oliveira Belo também é um local apropriado. Além de opções de barzinhos, como o Belo Brasa e o Frango e Cia, há também algumas residências que se transformaram em estabelecimentos, como a ‘Casinha’, que há anos vende hambúrgueres e cachorro-quente, e a Toca do Pastel da Tia.

”Belo Brasa”, barzinho situado no ”meio” da Oliveira Belo e sempre procurado pelos boêmios da região – Foto: Reprodução/Internet

Voltando a falar da extremidade final da Oliveira Belo, onde há a pracinha com a academia popular, ali, certamente, é o principal point da avenida. Além dos bares Boemia Social Clube (que integra o concurso Comida di Buteco) e ‘Azulzinho’ (como é carinhosamente chamado o boteco raiz em frente ao BSC), o recém-chegado TK Burger House trouxe opções irresistíveis ‘à la Madero’ ao local, além de concorrência à hamburgueria Ravi’s, que também possui sanduíches e sorvetes gostosos.

”TK Burger House”, uma das boas novidades da Oliveira Belo – Foto: Divulgação

Porém, é inimaginável pensar nesta específica região sem mencionar o Espaço Bar e Bistrô, que, pode-se dizer, ‘revitalizou’ a região.

Para quem não sabe, anos atrás a Oliveira Belo era um grande point para quem queria jogar conversa fora ouvindo música alta em carros. Ficava lotada. Depois de um tempo, por diversas reclamações dos moradores, essa situação foi proibida pela polícia.

Apesar de hoje em dia ser diferente, sem a presença dos carros, o Espaço Bar e Bistrô trouxe de volta a reunião de pessoas por ali, num clima bastante alternativo e amistoso.

Galera reunida no ”Espaço Bar e Bistrô”; fato se tornou comum na Vila da Penha – Foto: Divulgação

Com opções financeiramente acessíveis de cervejas litrão e 600ml, além de petiscos – como o bolinho de feijoada -, o local ”bomba” de quarta a domingo, agradando a quem gosta de forró, rock, funk, reggae, samba, rap… enfim, variados estilos musicais. Além disso, há transmissão dos jogos dos times cariocas, o que também contribui para o sucesso do bar.

Quarta-feira é dia de forró no ”Espaço” – Foto: Divulgação

”É nossa maior satisfação ouvir o feedback positivo das pessoas, pois batalhamos muito para deixar tudo da melhor forma para nossos clientes. Quando eu e Camila (a outra sócia) idealizamos o bar, pensamos, em primeiro lugar, como clientes, pois desejávamos um local com cerveja e comida com preços acessíveis, além da música que fosse de nosso agrado”, diz Luis Souza, sócio-proprietário do Espaço, que foi além.

”Não temos muita ideia da proporção que se tornou o Espaço, somente pelo o que escutamos. E ficamos muito felizes, pois o local virou uma família. E eu não poderia deixar de citar nossos amigos músicos, Wagnerasta, Saddock, Leo Rosso, Maurinho e Felipe Abrantes, que sempre estiveram conosco e fazem a ‘festa’ acontecer. Sem eles, certamente o Espaço não seria o mesmo”, finaliza Luis.

Fica a dica, então. Vá à Vila da Penha e conheça a Oliveira Belo.

1 COMENTÁRIO

  1. Ótima reportagem.
    Sou Morador da Oliveira Belo.
    Só fico triste que uma Rua que tem tanta importância em um Bairro, e tão abandonada na época de Chuvas.
    Pois o Rio sempre transborda e arrasta carros e invade às residências, trazendo tanto transtorno.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui