Onze pessoas são presas no Rio por atos de vandalismo após clássico entre Vasco e Flamengo

Duas pessoas foram detidas em São Cristóvão, em frente a São Januário, sede principal do Vasco, e nove na Gardênia Azul

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Fogos apreendidos pela polícia no Rio após Vasco x Flamengo - Foto: Divulgação/PMERJ

Onze pessoas foram presas em diferentes pontos do Rio de Janeiro após o clássico entre Vasco e Flamengo, na noite da última segunda-feira (05/06). A partida, válida pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro e disputada no Maracanã, terminou com vitória rubro-negra por 4×1.

Em São Cristóvão, na Zona Norte carioca, dois homens foram detidos com fogos de artifício na Avenida Roberto Dinamite, em frente a São Januário, sede principal do Vasco, após diversos torcedores depredarem a fachada do local devido à goleada sofrida para o maior rival. Eles foram encaminhados à 17ª DP, no próprio bairro.

Vale ressaltar que, por meio de nota oficial enviada à imprensa, o Cruzmaltino se manifestou sobre o ocorrido: ”O Vasco da Gama lamenta profundamente a depredação do Estádio de São Januário na noite da última segunda-feira. O clube compreende a insatisfação de seus torcedores e entende que os resultados em campo estão aquém do esperado, mas é absolutamente injustificável que um símbolo de todos os cruzmaltinos seja destruído. O Vasco já acionou as autoridades para evitar que episódios como esse voltem a se repetir e que os culpados sejam identificados”.

Já na Gardênia Azul, Zona Oeste do Rio, nove pessoas foram presas. Paralelamente, policiais impediram um confronto entre torcidas organizadas. Na ação, pedaços de madeira foram apreendidos.

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Onze pessoas são presas no Rio por atos de vandalismo após clássico entre Vasco e Flamengo
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui