Operação Conjunta protege turistas contra abusos no Galeão

A ação visa proteger turistas de práticas criminosas, como cobranças abusivas de serviços e transporte irregular, assim que chegam ao Rio.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Nesta manhã de quinta-feira (01/02), a Secretaria de Estado de Defesa do Consumidor e a Polícia Civil uniram esforços em uma operação de fiscalização no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão). Em parceria com a Coordenadoria Especial de Transporte Complementar (CETC), órgão da Secretaria de Ordem Pública municipal, a ação visa proteger turistas de práticas criminosas, como cobranças abusivas de serviços e transporte irregular, assim que chegam ao Rio.

O secretário de Estado de Defesa do Consumidor, Gutemberg Fonseca, destaca a importância do trabalho em prol de negócios transparentes e corretos. “A Secretaria está vigilante sobre os direitos do consumidor. Queremos que o Rio de Janeiro seja um destino agradável para turistas brasileiros e estrangeiros. Trabalhamos para que os negócios sejam claros e corretos”, afirma o secretário

A ação, que conta com a participação de três delegacias especializadas – Delegacia Especial de Apoio ao Turismo (DEAT), Delegacia do Consumidor (DECON) e Delegacia do Aeroporto Internacional (DAIRJ) –, tem como objetivo garantir o cumprimento das normas estabelecidas pelo Código de Defesa do Consumidor.

Advertisement

Leia também

Rio terá observatórios para estudos climáticos; 1º será no Complexo do Alemão

Balão é ‘abatido’ antes de cair no Aeroporto do Galeão

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Operação Conjunta protege turistas contra abusos no Galeão

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui