Operação de combate ao crack em Copacabana aborda 32 pessoas, duas delas com tornozeleira eletrônica

Também foram apreendidas diversas armas brancas e cachimbos utilizados para o consumo do crack

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Uma operação deflagrada na manhã desta quarta-feira (21/06), percorreu as ruas de Copacabana, na Zona Sul do Rio, para combater o uso de crack. A ação integrada entre o 19° BPM, o Programa Copacabana Presente e a Superintendência da Zona Sul da Segov, abordou 32 pessoas, dois dos meliantes usavam tornozeleira eletrônica.

A maioria possuía antecedentes criminais como furto, roubo, Lei Maria da Penha, porte ilegal de armas, drogas, entre outros. Foram apreendidas diversas armas brancas e cachimbos utilizados para o consumo do crack.

Os policiais do 19° BPM sob o comando da Cel. Danielle Farias e do Major Evangelho, os agentes do Programa Copacabana Presente, liderados pelo Capitão Rosemberg e a equipe da Superintendência da Zona Sul da Segov, participaram ativamente da operação.

Uma das funções da Superintendência da Zona Sul é receber as demandas da população e reforçar os roteiros das operações que foram reforçadas ao longo do dia na região. Esse é o nosso trabalho, sempre atuante para garantir o direito de ir e vir do cidadão carioca e Fluminense”, afirmou o Superintendente da Zona Sul da Segov, Marcelo Maywald.

Advertisement

As Praças Vereador Rocha Leão, Edmundo Bittencourt, Serzedelo Correa, Lido e Manuel Campos da Paz, conhecida como Praça Inhangá, as Avenidas Nossa Senhora de Copacabana, Princesa Isabel as Ruas Barata Ribeiro, Figueiredo de Magalhães, Toneleiros, Paula Freitas, Anita Garibaldi, Xavier da Silveira, Barão de Ipanema, foram alguns pontos percorridos pelas equipes.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Operação de combate ao crack em Copacabana aborda 32 pessoas, duas delas com tornozeleira eletrônica
Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui