Operação estoura carvoaria clandestina em Duque de Caxias; polícia tenta encontrar responsável pelo local

Ação, realizada nesta terça (20/02) após denúncia anônima, flagrou oito fornos funcionando irregularmente

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Carvoaria clandestina em Duque de Caxias - Foto: Reprodução/TV Globo

Na manhã desta terça-feira (20/02), uma carvoaria clandestina foi fechada em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

A ação, comandada pela Polícia Civil em parceria com a Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade (SEAS), flagrou carvoeiras funcionando irregularmente em áreas degradadas. Ao todo, eram oito fornos, sendo cinco acesos no momento da operação.

No local, os agentes também encontraram madeiras que, provavelmente, pertencem à região desmatada, situada entre os bairros de Xerém e Amapá, e seriam utilizadas para a produção ilegal de carvão.

Vale ressaltar que a operação aconteceu após o recebimento de uma denúncia anônima. Após cerca de três semanas monitorando o local, os fiscais conseguiram entender o seu funcionamento e foram até lá.

Advertisement

Na carvoaria, foram flagrados cinco funcionários, sendo uma cozinheira. Eles não utilizavam nenhum tipo de equipamento de proteção e tampouco tinham garantidos os direitos trabalhistas. Essas pessoas foram encaminhadas à Delegacia de Meio Ambiente do RJ para prestar depoimento.

A polícia informou que todos os fornos foram destruídos e a investigação, agora, tenta encontrar o responsável pelo local.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Operação estoura carvoaria clandestina em Duque de Caxias; polícia tenta encontrar responsável pelo local
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui