Operação policial, em Parada de Lucas, encontra casas de luxo de traficante local

Uma das casas conta com piscina, churrasqueira, lago artificial com pedalinho, e um amplo e bem cuidado jardim com grama sintética

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Favela de Parada de Lucas / Wikipédia

A Polícia Militar do Rio de Janeiro desvendou um mundo paralelo durante uma operação na favela de Parada de Lucas, localizada na Zona Norte da capital fluminense, nesta quinta-feira (13). No local, os agentes tiveram acesso a três imóveis de luxo pertencentes ao traficante Álvaro Malaquias Santa Rosa, o Peixão. As unidades também seriam usadas por seus comparsas, segundo a polícia.

Uma das casas impressionou os policiais pelo luxo e sofisticação. O imóvel, nem de longe se assemelha às casas dos moradores da região, feitos reféns e explorados pelos bandidos. Localizada em um terreno amplo, a toca de luxo de Peixão conta com estacionamento, piscina, churrasqueira, lago artificial com pedalinho, amplo e bem cuidado jardim com grama sintética. Tudo conquistado em cima de muito sangue, desespero e crueldade.

O interior da residência, que não é pequena, também impressiona. Móveis de qualidade, distribuídos em espaços amplos e planejados, paredes e piso com bom revestimento, eletrodomésticos de última geração, além de banheira de hidromassagem são alguns dos itens que compõem o imaginário do traficante, que parece gostar de requinte e conforto.

Mas o que mais impressiona é a academia montada em um dos cômodos do imóvel. O local não deve em nada às melhores academias da cidade. Os equipamentos são novos, diversificados e modernos. Tudo para dar conta da vaidade dos traficantes.

Advertisement

As autoridades ainda não sabem o que vai acontecer com os imóveis, após a operação policial.

As informações são do RJ2, da TV Globo.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Operação policial, em Parada de Lucas, encontra casas de luxo de traficante local
Advertisement

2 COMENTÁRIOS

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui