Operação repreende venda ilegal de óculos de grau em Copacabana

Mercadorias foram apreendidas com o objetivo de evitar danos a população. Especialistas indicam que o uso de lentes falsificadas podem causar cegueira e glaucoma

Após denúncias de moradores de Copacabana, a Subprefeitura da Zona Sul e a Guarda Municipal realizaram, na tarde de quinta-feira, (22/09), uma operação para repreender a venda ilegal de óculos de grau de procedência desconhecida e falsificados.

Acyoli Brito, oftalmologista aposentado do hospital Miguel Couto, reforça que apesar de os óculos piratas serem capazes de melhorar a visão momentaneamente, representam um grande risco pada a saúde ocular.

“Os óculos falsificados podem atrasar o diagnóstico de doenças importantes e trazer prejuízos diretos aos olhos”, disse Brito.

Foto: Subprefeitura da Zona Sul

O especialista ainda informa que usar óculos de grau comprados sem prescrição podem inclusive causar cegueira e glaucoma.

Flávio Valle, subprefeito da Zona Sul, alega que os agentes, com as ações de apreensão de produtos, irão trazer ordem a cidade.

Nosso objetivo a partir de agora é levar mais ordem pública com essas ações, que são como um patrulhamento que visam garantir o ordenamento urbano, seja no trânsito, na apreensão de mercadorias de ambulantes e acionando as equipes de assistência social para o acolhimentos de pessoas em situação de rua“, concluí Valle.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui