Ordem Pública: Dos 24 moradores de rua abordados em Copacabana, todos tinham passagens pela polícia

Somente um, dos abordadas, tinha 15 passagens pela polícia. Foram apreendidas armas brancas e cachimbos para o uso do crack

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Morador de rua sendo abordado pela PM / Divulgação

O mês de fevereiro começou com mais uma operação integrada de combate ao crack na Zona Sul da capital fluminense. Nesta quinta-feira (8), representantes de órgãos de segurança do Governo do Estado percorreram várias ruas em Copacabana. A ação contou com a atuação da Cel. Daniele Farias, do 19º BPM; dos policiais do Copacabana Presente, liderado pelo Capitão Rosemberg, e da Superintendência da Zona Sul, da Segov.

Ao todo, as autoridades abordaram 24 pessoas. Todas tinham antecedentes criminais, por crimes como furto, roubo, tráfico e consumo de drogas, Lei Maria da Penha e posse de arma de fogo. Um dos moradores de rua abordados tenha 15 passagens pela polícia. Durante a operação, também foram apreendidas armas brancas, além de cachimbos para o consumo do crack.

O superintendente da Zona Sul – Segov, Marcelo Maywald, destacou que as operações têm como finalidade o combate aos pequenos delitos praticados na área, bem como o atendimento à população de rua.

“As operações têm o objetivo de coibir pequenos delitos na Zona Sul e prestar atendimento a pessoas em situação de vulnerabilidade social. Também visa promover a segurança necessária para os moradores, frequentadores e trabalhadores da região, para que eles possam transitar com tranquilidade”, disse Maywald.

Advertisement

Leia também

Rio terá observatórios para estudos climáticos; 1º será no Complexo do Alemão

Balão é ‘abatido’ antes de cair no Aeroporto do Galeão

As autoridades passaram por pontos, como as avenidas Nossa Senhora de Copacabana, Atlântica e Princesa Isabel; as ruas Barata Ribeiro, Barão de Ipanema, Xavier da Silveira, Djalma Urich, República do Peru e Mascarenhas de Moraes; e as Praças Serzedelo Correia, Lido e Inhangá. Outros pontos do bairro também foram fiscalizados.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Ordem Pública: Dos 24 moradores de rua abordados em Copacabana, todos tinham passagens pela polícia

Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Isso tem que acabar,prisão pra quem tem passagens pela polícia, incrível uma faca dessas pode matar,qual a finalidade disso com uma faca,coisa boa não é, pra mim tem que apodrecer na cadeia,não quer se ressocializar tem que ficar preso ,tem que fazer no centro da cidade principalmente tá demais ,pra mim tem que passar a mão no coitadinho ,tem que mudar as leis urgentemente, como voltar a lei da vadiagem, menores de idade acompanhado pelos pais depois de um certo horários aí sim vamos começar a ter mudanças significativas.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui