Pacientes poderão se comunicar com unidades de saúde do Rio via WhatsApp

Prefeitura está disponibilizando mais de 1.200 números oficiais para que cada equipe de saúde da família tenha contato facilitado com a população de seu respectivo território

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Agente comunitário de saúde conversando com pacientes via WhatsApp - Foto: Edu Kapps/Prefeitura do Rio

A partir de agora, usuários das unidades de Atenção Primária (clínicas da família e centros municipais de saúde) do Rio de Janeiro contam com um novo canal de comunicação para tirar dúvidas sobre o atendimento e até mesmo reagendar consultas. A Prefeitura está disponibilizando mais de 1.200 números oficiais de WhatsApp para que cada equipe de saúde da família mantenha contato com a população de seu respectivo território por meio do aplicativo.

De acordo com o Poder Executivo carioca, a iniciativa busca aproximar os profissionais dos moradores, além de ampliar o acesso a informações de promoção à saúde e prevenção de doenças. Uma das possibilidades da ferramenta será, por exemplo, a divulgação de campanhas e ações das unidades, como vacinação e combate às arboviroses (dengue, zika e chikungunya).

”A ideia é aumentar o vínculo das equipes com os moradores, que poderão tirar dúvidas sobre procedimentos realizados nas unidades, consultas e até solicitar o reagendando de atendimentos, além de serem informados e orientados sobre remarcações e necessidade de comparecimento à unidade”, explica o secretário de Saúde do Rio, Daniel Soranz.

Por ser cômodo e prático, a expectativa municipal é que o novo canal tenha uma boa adesão nas comunidades. As dúvidas serão respondidas durante os horários de funcionamento das unidades, mas as mensagens podem ser enviadas a qualquer momento. Os números de telefone para comunicação via WhatsApp ficarão disponíveis para consulta na plataforma ”Onde Ser Atendido” e nas próprias unidades.

Advertisement

Leia também

Águas do Rio alega não saber sobre situação da Cedae mas presidente foi diretor da empresa – Bastidores do Rio

Antiga garagem da Silveira Martins é vendida por R$19,7 milhões a incorporadora

É necessário digitar o endereço para o qual está buscando atendimento e, a partir disso, descobrir informações como a unidade correspondente, nome da equipe, médicos e enfermeiros responsáveis e o contato da mesma.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Pacientes poderão se comunicar com unidades de saúde do Rio via WhatsApp

Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Canal no WhatsApp já não é de hoje né? Basta saber se vai funcionar mesmo e se terei atendimento. Essa semana mesmo estive num clínica da família e fui informado que a médica está de férias e que só tem enfermeira. Ainda assim, se quisesse ser “encaixado” para um atendimento médico poderia ter de esperar umas 5 horas – foi o que disse o agente de saúde. Marcando, coisa que outro uma vez me disse não existir, agora foi dito só ter para o mês de julho. Para completar descobri que terei de atualizar meu cadastro. Não sei se aceitarão o meu comprovante de residência. Pois documentos eu tenho. E se eu morasse na rua? Caso não consiga, fui informado de que não serei atendido pela médica.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui