Papo de Talarico: Um Brinde ao Sucesso

Ver o outro num lugar mais alto machuca você, alegra ou estimula?

Brinde ao Sucesso
Sucesso na praia (foto: Alvaro Tallarico)

O sucesso incomoda? Talvez até em especial algumas das pessoas mais próximas? Esses dias recebi um filme francês para fazer uma crítica chamado “Um Brinde ao Sucesso”. Ficou uma reflexão sobre o que é ser bem sucedido na vida. Lembrei de um amigo que não via há anos falando que agora tinha uma casa de praia em Juquehy, litoral norte de São Paulo. Outro contando o quanto os alugueis de seus escritórios estão indo bem. A outra conseguiu um emprego. E aquela lá teve o segundo filho, uma bonita menina.

No filme que citei, um vendedora honesta, discreta e bondosa de um shopping vira rapidamente uma escritora best-seller. Seus melhores amigos e seu marido sentem o baque e a relação entre eles muda. Despeito, inveja e competitividade são alguns dos sentimentos abordados.

A progatonista, Léa Monteil (em atuação ótima da bela e carismática Bérénice Bejo), acaba descobrindo um outro lado da fama, que é um certo tipo de solidão. As principais pessoas em sua vida se afastaram por não conseguirem suportar seu crescimento. Por outro lado, os desconhecidos reconheciam seu talento, mas os amigos e marido não.

Realizações

Para mim, sucesso tem sido poder passear com minha cachorra e dividir experiências pelas ruas. Sucesso é trabalhar com meu gato no colo. É ter o bastante para viver sem reclamar, ter o mesmo carro há mais de 12 anos (e o guerreiro nunca me deixou na mão). É deitar e poder me cobrir no frio; acordar e agradecer por mais um dia.

Sucesso para mim é ver esses amigos felizes com suas conquistas. Suas vitórias não me incomodam, pelo contrário, me deixam feliz. O que ganho em ver alguém triste? Quanto mais gente feliz, melhor. Sob o céu azul do Rio de Janeiro, no sol que nos ajuda a sorrir mais que em outros lugares cinzentos, que todos possam ter o mínimo que necessitem para viver com dignidade, e aqueles com ambição de ter mais, que lutem para alcançar.

Mas, claro, os seres humanos possuem muitas peculiaridades, e essa é uma das graças, as diferenças. Cada um tem um tempo, um caminho, uma jornada. Afinal, o que é sucesso para você?

Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui