Paraty e Ilha Grande recebem certificado de Patrimônio Mundial da Unesco

A candidatura Sítio Misto de Paraty e Ilha Grande: cultura e biodiversidade foi reconhecida em junho de 2019

Foto: Oscar Liberal/Divulgação

Neste sábado (12/11), será entregue o certificado de reconhecimento de Paraty e Ilha Grande (RJ) como Patrimônio Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). A candidatura Sítio Misto de Paraty e Ilha Grande: cultura e biodiversidade foi reconhecida em junho de 2019, durante a 43ª reunião do Comitê do Patrimônio Mundial.  

A entrega do certificado acontece com autoridades convidadas na Casa da Cultura de Paraty, às 10h. O equipamento cultural se localiza na Rua Dona Geralda, 194, Centro Histórico. A cerimônia será transmitida ao vivo pela página da Prefeitura de Paraty no Facebook. Em breve, Angra dos Reis também vai sediar um evento para receber o reconhecimento da Unesco. 

Paraty e Ilha Grande são um exemplo de como o entorno natural do Brasil, da maior biodiversidade do planeta, contribuiu para nossa dinâmica cultural. A história da região é marcada pelo vínculo fundamental com a natureza e pelo modo como esse pano de fundo exuberante impactou nas relações, nos encontros, nas trocas culturais entre os diferentes povos que ali se estabeleceram”, afirmou o superintendente do Iphan-RJ, Olav Schrader.

Olav ainda complementa: “na minha opinião, estamos apenas começando a explorar este enorme potencial que temos que é o “soft power” do Brasil, que se dará através do redescobrimento de nossas raízes neste laboratório humano único no mundo que ocorreu sob os céus dos trópicos”.

O reconhecimento como Patrimônio Mundial é fruto de uma cooperação entre o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), autarquia federal vinculada à Secretaria Especial da Cultura e ao Ministério do Turismo, com uma série de parceiros: Ministério do Meio Ambiente, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Prefeituras Municipais de Paraty e de Angra dos Reis, Instituto Estadual do Ambiente (Inea) do governo do estado do Rio de Janeiro e do Fórum das Comunidades Tradicionais. 

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui