Foto: Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

Nesta quarta-feira (03/06), através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e da Obra Social Abrace o Rio, a Prefeitura do Rio de Janeiro entregou os primeiros bancos de praças construídos com tampinhas e embalagens plásticas. Eles serão colocados em parques e pracinhas da cidade.

Realizado no Centro de Educação Ambiental, no Parque de Madureira, na Zona Norte, o evento contou com a presença da primeira-dama, Sylvia Crivella, coordenadora da Abrace o Rio, e de Bernardo Egas, secretário de Meio Ambiente.

As tampinhas e as embalagens plásticas de produtos de limpeza foram arrecadas pela campanha Mágica da Reciclagem, uma parceria da Abrace o Rio com a Comlurb e as secretarias de Meio Ambiente e Educação. Foram recolhidos 788kg de tampinhas e embalagens que, transformadas em polietileno, produziram os primeiros 72 bancos. Cada banco consumiu, em média, duas mil tampinhas.

”Esses bancos são confortáveis e duráveis. E, o mais importante, é que cada um de nós pode contribuir, doando uma simples tampinha, que fará uma grande diferença. Nós estamos muito felizes por tirar toneladas de plásticos das ruas, que poderiam trazer enchentes na nossa cidade, e transformando em bens servíveis, que vão fazer muita diferença em escolas, orfanatos, pela cidade inteira”, celebrou Sylvia Crivella.

Já Bernardo Egas, informou que o programa de recolhimento das tampinhas será reforçado com a flexibilização do isolamento social e a volta à normalidade.

”Vamos continuar com este programa, reforçando a rede de postos de recolhimento, e multiplicando a produção desses bancos para beneficiar a população que terá um equipamento urbano sustentável e durável, além de ser um favor retirando o lixo do meio ambiente”, ressaltou o secretário

Além de Sylvia e Bernardo, participaram do evento, também, a vereadora Vera Lins e o deputado estadual Dionísio Lins – que são casados. A vereadora aproveitou para gradecer o trabalho da primeira-dama entregando uma moção pelos serviços sociais prestados à cidade.

1 COMENTÁRIO

  1. O projeto é realmente bacana e SUPER importante. Parabéns aos envolvidos!
    Só esperamos que o custo destes bancos ‘sustentáveis’ não sejam mais altos que os tradicionais…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui