Passageiro faz necessidades fisiológicas a bordo, e avião da Azul sem banheiro precisa fazer pouso de emergência no Rio

Situação inusitada aconteceu no último sábado (26); aeronave saiu de Congonhas, em SP, com destino ao Aeroporto de Jacarepaguá, pousando antes do previsto

Imagem meramente ilustrativa de aeronave Cessna C208 Grand Caravan da Azul - Foto: Divulgação

Uma situação no mínimo inusitada aconteceu no espaço aéreo entre São Paulo e Rio de Janeiro no último sábado (26/11). Um passageiro de um voo da Azul saído de Congonhas, na capital paulista, com destino ao Aeroporto de Jacarepaguá, na Zona Oeste carioca, acabou fazendo suas necessidades fisiológicas a bordo. Acontece que a aeronave, um Cessna C208 Grand Caravan, não possui banheiros e, por isso, foi preciso uma espécie de ”pouso de emergência”. Toda a situação foi registrada pelo sistema de gravação de áudio do avião.

”Nós estamos com uma situação meio complicada aqui a bordo. Estamos com um passageiro com necessidades fisiológicas urgentes, não aguentou. Então, estamos fazendo um paliativo a bordo aqui. A gente não tem condições de prosseguir com todo o pessoal aqui e solicita a colaboração do controle para coordenar com Jacarepaguá a nossa descida em mais 10 minutos, direto ‘XOKIX’ [posição geográfica da rota] para ingressar direto na cabeceira 03, porque a situação a bordo está muito complicada”, relatou o piloto.

Procurada pelo DIÁRIO DO RIO para comentar o assunto, a Azul confirmou o ocorrido, destacando, contudo, não ter havido nenhum tipo de problema na aterrissagem.

”A Azul informa que, durante o voo AD 5121 CGH/RRJ, um cliente se sentiu mal e, por isso, foi pedido prioridade de pouso. O procedimento ocorreu normalmente sem intercorrências”, disse a companhia.

Advertisement

4 COMENTÁRIOS

  1. Não estou julgando a pessoa q passou mal, mais a pessoa q vai viajar de avião ou outro meio de trasporte, tomar bastante cuidado nas coisas que come antes da viagem pra não passar por essa situação constrangedora…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui