Passagem do MetrôRio começa a custar R$ 6,90, mas usuários podem pagar R$ 5 com Tarifa Social; saiba como

Tarifa Social é um benefício concedido pelo Governo do Estado a quem se enquadra em alguns requisitos

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Composição do MetrôRio - Foto: Reprodução/Internet

A partir desta quarta-feira (12/04), a passagem do MetrôRio deixa de custar R$ 6,50 e passa a valer por R$ 6,90. No entanto, mediante a Tarifa Social, o bilhete custará R$ 5 para quem estiver cadastrado. Tem direito ao benefício concedido pelo Governo do Estado quem se enquadra nos seguintes itens:

  • Idade entre 5 e 64 anos;
  • Ganho mensal até R$ 7.507,49;
  • Cartão Riocard habilitado no Bilhete Único Intermunicipal (BUI) e vinculado ao próprio CPF;
  • Não possui carteira assinada e/ou renda fixa.

Para habilitar o cartão ou tirar dúvidas, é necessário procurar um dos pontos instalados nas seguintes estações do metrô:

  • Botafogo – 10h às 19h;
  • Carioca – 7h às 19h;
  • Coelho Neto – 10h às 19h;
  • Irajá – 10h às 19h;
  • Jardim Oceânico – 10h às 19h;
  • Maracanã – 7h às 19h;
  • Pavuna – 10h às 19h;
  • Saens Peña – 10h às 19h;
  • São Conrado – 10h às 19h;
  • Siqueira Campos – 10h às 19h.
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Passagem do MetrôRio começa a custar R$ 6,90, mas usuários podem pagar R$ 5 com Tarifa Social; saiba como

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui