Passeios a pé pelo Rio de Janeiro até Março

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Centro Rio de Janeiro por Rafa AlvesFérias chegando, o que melhor para fazer do que conhecer a nossa Cidade? O pessoal do Roteiros Geográficos do Rio montou uma agenda que vai até o final de Março. Vale muito a pena ir, seja carioca ou turista!

 

Para marcar pode ser pelo celular (21)8871-7238 ou pelo e-mail roteirosgerio@uol.com.br. E vamos a programação:

Advertisement

Circulando pelo Campo de Santana, da Proclamação da República e de São Jorge Guerreiro

Encontro: 17 de janeiro  de 2012 – 3ª. feira – 13 horas  – interior do Centro Cultural Light – Av. Marechal Floriano, 168

Itinerário: Centro Cultural Light – Itamarati – Central do Brasil (visita) – passagem subterrânea – Casa do Marechal Deodoro – Arquivo Nacional/Casa da Moeda (visita) – Rádios MEC am / fm – Faculdade de Direito UFRJ (antigo Senado) – Circulando no interior do Campo de Santana, das festividades e rituais religiosos, do casamento de D. Pedro e da Imperatriz Leopoldina, da aclamação popular de Dom João VI, do samba O Pato de Jaime Silva e Neusa Teixeira gravado por João Gilberto – dos territórios de prostituição masculina e feminina – do ajardinamento de Glaziou – Corpo de Bombeiro – Igreja de São Jorge (visita) – término no SAARA

 

As Catedrais de São Sebastião do Rio de Janeiro 

Encontro: 19 de janeiro – quinta-feira -  lj10 horas da manhã – em frente à Igreja do Rosário e São Benedito (Rua Uruguaiana, 77)

Itinerário: Igreja das Irmandades Negras de Rosário e Benedito (abrigou a Catedral de São Sebastião entre 1737 e 1808), templo no qual a Corte Portuguesa agradeceu a viagem bem sucedida em março de 1808 e, mais tarde, tornou-se sede da Câmara – Rua da Vala/Rua Uruguaiana (metrô do Rio de Janeiro) – Rua do Rosário – Igreja de Santa Cruz dos Militares (abrigou a Catedral de São Sebastião de 1734 a 1737) – Rua 1º de Março – Igreja de Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé e do batizado de Isabel de Bourbon e Bragança (abrigou a Catedral de São Sebastião de 1808 a 1976) – Rua Sete de Setembro (antiga Rua do Cano) – a requalificação da Rua da Quitanda – Rua São José – Largo da Carioca – jardins do BNDES – Esplanada de Santo Antônio – Catedral Metropolitana de São Sebastião do Rio de Janeiro (sagrada ao final dos anos setenta – visita)

 

Caminhando de Madrugada no Centro da Sebastianópolis

Encontro: Meia noite de 19 de janeiro, 5ª. feira, para 20 de janeiro, 6ª. feira, feriado, dia do Padroeiro São Sebastião – nos degraus do Theatro Municipal

Itinerário: Majestosos prédios do Theatro Municipal e da Biblioteca Nacional, O eterno e resplandescente Cine Odeon, Centro Cultural da Justiça Federal (antigo Supremo Tribunal Federal), o Boêmio Amarelinho, Câmara dos Vereadores/Palácio Pedro Ernesto, Metrô, uma sentinela luminosa a nosconduzir por lunares e ensolaradas Geografias – Av. Treze de Maio – Largo da Carioca, o diálogo do Rio Colonial com a Cidade Maravilhosa – Esplanada de Santo Antonio / Avenida Chile da Iluminada Catedral Metropolitana de São Sebastião do Rio de Janeiro – BNDES – Petrobrás – Ventura Towers – Luminosa Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro – Complexo de hotéis da nova Praça Tiradentes – Rio Scenarium – Iluminação mutante, os pulsares e a multidão do Quarteirão Cultural da Rua d o Lavradio.

 

Caminhando de Madrugada no Centro da Olímpica e Maravilhosa

Encontro: meia noite de 6ª. feira, 27 de janeiro para sábado 28 de janeiro de 2012 –  nos degraus do Theatro Municipal

Itinerário: Majestosos prédios do Theatro Municipal e da Biblioteca Nacional, O eterno e resplandescente Cine Odeon, Centro Cultural da Justiça Federal (antigo Supremo Tribunal Federal), o Boêmio Amarelinho, Câmara dos Vereadores/Palácio Pedro Ernesto, Metrô, uma sentinela luminosa a nos conduzir por lunares e ensolaradas Geografias – Av. Treze de Maio – Largo da Carioca, o diálogo do Rio Colonial com a Cidade Maravilhosa – Esplanada de Santo Antonio / Avenida Chile da Iluminada Catedral Metropolitana de São Sebastião do Rio de Janeiro – BNDES – Petrobrás – Ventura Towers – Luminosa Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro – Complexo de hotéis da nova Praça Tiradentes – Rio Scenarium – Iluminação mutante, os pulsares e a multidão do

Quarteirão Cultural da Rua do Lavradio.

 

Caminhando Entre Luzes no Centro do Rio à Noite

Encontro: 1 de fevereiro de 2012 – 4ª. feira – 20 horas – nos degraus da Casa França-Brasil

Itinerário: Luminoso Centro Cultural Banco do Brasil – Alfândega/Casa França-Brasil do Rio Joanino –– Igreja Nossa Senhora da Candelária, Fonte de Luz e de Fé – O iluminamento do Centro Cultural dos Correios – Rua Primeiro de Março – O foco de luz distante e permanente do Antigo Senado e da Catedral de Benedito e da Senhora do Rosário – O diálogo do Rio Colonial com a Cidade Maravilhosa – O Varandão do Centro Cultural da Justiça Eleitoral – Rua do Ouvidor, logradouro inicial da iluminação a gás e da energia elétrica no espaço coletivo Carioca, de Machado de Assis e Chiquinha Gonzaga, bem como dos primeiros acordes do Carnaval Carioca, das lutas pelo abolicionismo e a República e das Confeitarias e lojas elegantes – O brilho das estrelas Carmen e Aurora miranda no sobrado da Travessa do Comércio – O ilumin amento da antiga Catedral da Sé/Igreja do Carmo – De volta à claridade do Convento dos Carmelitas – Paço Imperial e da Luminar Isabel de Bourbon e Bragança – Os refletores sobre Tiradentes e ALERJ – O brilho e o requinte dos antigos Ministérios da Fazenda, do MEC e a austeridade do Ministério do Trabalho – Luzia dos Santos e Geográficos olhares – A Academia Brasileira de Letras – As novas Torres da Esplanada do Castelo – O Universo de extrema luminosidade da Cinelândia e seus Majestosos Prédios – A iluminância do jovem Theatro Municipal e da Biblioteca Nacional, o Boêmio Amarelinho, a Câmara dos Vereadores/Palácio Pedro Ernesto, O Centro Cultural da Justiça Federal, o eterno Cine Odeon – Metrô, uma sentinela luminosa a nos conduzir por lunares e ensolaradas Geografias.

 

Caminhando de Madrugada no Centro da Olímpica e Maravilhosa

Encontro: meia noite de 6ª. feira, 3 de fevereiro para sábado 4 – nos degraus do Theatro Municipal

Itinerário: Majestosos prédios do Theatro Municipal e da Biblioteca Nacional, O eterno e resplandescente Cine Odeon, Centro Cultural da Justiça Federal (antigo Supremo Tribunal Federal), o Boêmio Amarelinho, Câmara dos Vereadores/Palácio Pedro Ernesto, Metrô, uma sentinela luminosa a nosconduzir por lunares e ensolaradas Geografias – Av. Treze de Maio – Largo da Carioca, o diálogo do Rio Colonial com a Cidade Maravilhosa – Esplanada de Santo Antonio / Avenida Chile da Iluminada Catedral Metropolitana de São Sebastião do Rio de Janeiro – BNDES – Petrobrás – Ventura Towers – Luminosa Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro – Complexo de hotéis da nova Praça Tiradentes – Rio Scenarium – Iluminação mutante, os pulsares e a multidão do Quarteirão Cu ltural da Rua do Lavradio.

 

(Re)conhecendo o Centro do Rio a Pé

Encontro: 5 de fevereiro – domingo – 9 horas e 55 minutos – no alto do adro do Mosteiro de São Bento (Rua Dom Gerardo 40, 5º andar)

Itinerário: Mosteiro de São Bento (assiste-se a cinco minutos da missa com cantos gregorianos), Vista Panorâmica da Praça Mauá, Área Portuária e Baía de Guanabara, Av. Rio Branco, Largo de Santa Rita/Largo da Sardinha, Rua Teófilo Otoni (e de Lamartine Babo), Av, Presidente Vargas, Igreja Nossa Senhora da Candelária (visita), Centro Cultural Banco do Brasil (intervalo de 15 minutos), Centro Histórico Beira-Mar, Rua Buenos Aires, Beco das Cancelas, Rua do Ouvidor, Travessa do Comércio/ sobrado de Aurora e Carmen Miranda, Praça XV, Paço Imperial e de Isabel de Orleans e Bragança (somente maquete do Centro do Rio e janela da anunciação da assinatura da Lei Áurea), Palácio Tiradentes, Rua São José, Largo da Carioca.

 

Homenagem ao Centenário de Morte do Diplomata de Renome – Av. Rio Branco de Ponta a Ponta

Encontro: dia 10 de fevereiro de 2012 – 20 horas  – Av. Rio Branco, nº 1 (junto à Praça Mauá)

Itinerário: Avenida Rio Branco de seu início ao final

 

Roteiro Noturno  no  Centro do  Rio a Pé   

Encontro: 15 de fevereiro – 4ª. feira – às 20 horas – no adro da Catedral Presbiteriana

Itinerário: Iluminados prédios da Catedral Evangélica do Rio de Janeiro e Real Gabinete Português de Leitura – Centro Cultural Carioca – Igreja Nossa Senhora da Lampadosa – Av. Passos – Território da “daspu” – Praça Tiradentes dos teatros seculares e dos modernos hotéis – Lavradio dos antiquários e casas de shows de iluminação mutante – Quarteirão Cultural e do Rio Scenarium – Esplanada de Santo Antonio – Largo Braguinha – Mem de Sá dos sobrados exuberantes, samba de raiz, marchinhas, mambo, funk, rock, travestis e mitológica malandragem – Seculares e simbólicos Arcos da Lapa – Rua Joaquim Silva – Escadaria Selaron – Igreja Nossa Senhora do Carmo da Lapa – Sala Cecília Meireles.

 

Descortinando as Geografias do Catete, Flamengo e Glória

Encontro: 1º de março – 5ª. feira – aniversário do Rio – 10 horas  da manhã – encontro junto à imagem gigantesca de São Sebastião, na Praça do Russel (em homenagem ao aniversário do Rio)

Itinerário: Praça do Russel – Flamengo (Uruçumimim dos indígenas e Henryville da França Antártica) – Castelinho (visita) – Rua Dois de Dezembro, Travessa Pinheiro, Rua Machado de Assis, Galeria do Cinema São Luis – Largo do Machado, Rua Bento Lisboa – Rua Artur Bernardes – Rua do Catete – Museu da República (antigo Palácio do Governo Federal).

 

Caminhando Entre Luzes no Centro do Rio à Noite

Encontro: 1º de março – 5ª. feira – aniversário do Rio – 20 horas – nos degraus da Casa França-Brasil

Itinerário: Luminoso Centro Cultural Banco do Brasil – Alfândega/Casa França-Brasil do Rio Joanino –– Igreja Nossa Senhora da Candelária, Fonte de Luz e de Fé – O iluminamento do Centro Cultural dos Correios – Rua Primeiro de Março – O foco de luz distante e permanente do Antigo Senado e da Catedral de Benedito e da Senhora do Rosário – O diálogo do Rio Colonial com a Cidade Maravilhosa – O Varandão do Centro Cultural da Justiça Eleitoral – Rua do Ouvidor, logradouro inicial da iluminação a gás e da energia elétrica no espaço coletivo Carioca, de Machado de Assis e Chiquinha Gonzaga, bem como dos primeiros acordes do Carnaval Carioca, das lutas pelo abolicionismo e a República e das Confeitarias e lojas elegantes – O brilho das estrelas Cármen e Aurora miranda no sobrado da Travessa do Comércio – O iluminamento da antiga Catedral da Sé/Igreja do Carmo – De volta à claridade do Convento dos Carmelitas – Paço Imperial e da Luminar Isabel de Bourbon e Bragança – Os refletores sobre Tiradentes e ALERJ – O brilho e o requinte dos antigos Ministérios da Fazenda, do MEC e a austeridade do Ministério do Trabalho – Luzia dos Santos e Geográficos olhares – A Academia Brasileira de Letras – As novas Torres da Esplanada do Castelo – O Universo de extrema luminosidade da Cinelândia e seus Majestosos Prédios – A iluminância do Theatro Municipal e da Biblioteca Nacional, o Boêmio Amarelinho, a Câmara dos Vereadores/Palácio Pedro Ernesto, O Centro Cultural da Justiça Federal, O eterno e resplandescente Cine Odeon – Metrô, uma sentinela luminosa a nos conduzir por lunares e ensolaradas Geografias.

 

Descortinando as Geografias do Catete, Flamengo e Glória

Encontro: 1º de março – 5ª. feira – aniversário do Rio – 10 horas da manhã – encontro junto à imagem de São Sebastião, na Praça do Russel (em homenagem ao aniversário do Rio)
Itinerário: Praça do Russel – Flamengo (Uruçumimim dos indígenas e Henryville da França Antártica) – Castelinho (visita) – Rua Dois de Dezembro, Travessa Pinheiro, Rua Machado de Assis, Galeria do Cinema São Luis – Largo do Machado, Rua Bento Lisboa – Rua Artur Bernardes – Rua do Catete – Museu da República (antigo Palácio do Governo Federal).

 

Caminhando Entre Luzes no Centro do Rio à Noite

Encontro: 1º de março – 5ª. feira – aniversário do Rio – 20 horas  – nos degraus da Casa França-Brasil
Itinerário: Luminoso Centro Cultural Banco do Brasil – Alfândega/Casa França-Brasil do Rio Joanino –– Igreja Nossa Senhora da Candelária, Fonte de Luz e de Fé – O iluminamento do Centro Cultural dos Correios – Rua Primeiro de Março – O foco de luz distante e permanente do Antigo Senado e da Catedral de Benedito e da Senhora do Rosário – O diálogo do Rio Colonial com a Cidade Maravilhosa – O Varandão do Centro Cultural da Justiça Eleitoral – Rua do Ouvidor, logradouro inicial da iluminação a gás e da energia elétrica no espaço coletivo Carioca, de Machado de Assis e Chiquinha Gonzaga, bem como dos primeiros acordes do Carnaval Carioca, das lutas pelo abolicionismo e a República e das Confeitarias e loj as elegantes – O brilho das estrelas Carm en e Aurora Miranda no sobrado da Travessa do Comércio – O iluminamento da antiga Catedral da Sé/Igreja do Carmo – De volta à claridade do Convento dos Carmelitas – Paço Imperial e da Luminar Isabel de Bourbon e Bragança – Os refletores sobre Tiradentes e ALERJ – O brilho e o requinte dos antigos Ministérios da Fazenda, do MEC e a austeridade do Ministério do Trabalho – Luzia dos Santos e Geográficos olhares – A Academia Brasileira de Letras – As novas Torres da Esplanada do Castelo – O Universo de extrema luminosidade da Cinelândia e seus Majestosos Prédios – A iluminância do jovem Theatro Municipal e da Biblioteca Nacional, o Boêmio Amarelinho, a Câmara dos Vereadores/Palácio Pedro Ernesto, O Centro Cultural da Justiça Federal, O eterno e resplandescente Cine Odeon – Metrô, uma sentinela luminosa a nos conduzir por lunares e ensolaradas Geografias.

 

Na Rota das Mulheres da Cidade

(em homenagem ao Dia Internacional da Mulher – Roteiro efetivado entre prostitutas do passado, donas de casa, motoristas, moradoras, funcionárias públicas, carnavalescas, matriarcas, pioneiras, escritoras, católicas, candomblecistas e santas)
Encontro: 8 de março de 2012 – 5ª. feira – 9 horas e 30 minutos da manhã – em frente ao Centro Administrativo São Sebastião do Rio de Janeiro/Prefeitura da Cidade – Rua Afonso Cavalcanti, 455 / Av. Presidente Vargas)
Itinerário: A extinta área da prostituição feminina do Mangue – a monumental Avenida Presidente Vargas, Arquivo da Cidade, Escola de Enfermagem Anna Nery/UFRJ, Praça Onze (o berço do samba e lugar de diversas manifestações religiosas e culturais da “Pequena África do Rio de Janeiro”), Passarela do Samba/ “Sapucaí” /Avenida Darcy Ribeiro, Terreirão do Samba, Escola Tia Ciata, Escola Rachel de Queiroz,  Igreja de Santana (visita), Campo de Santana (padroeira das grávidas e avó de Jesus)

 

Roteiro Noturno no Centro do Rio a Pé

Encontro: 21 de março  – 4ª. feira – 20 horas – no adro da Catedral Presbiteriana (Praça Tiradentes com rua da Carioca)
Roteiro: Iluminados prédios da Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro e Real Gabinete Português de Leitura – Centro Cultural Carioca – Igreja Nossa Senhora da Lampadosa – Av. Passos – Território da “daspu” – Praça Tiradentes dos teatros seculares e dos modernos hotéis – Lavradio dos antiquários e casas de shows de iluminação mutante – Quarteirão Cultural e do Rio Scenarium – Esplanada de Santo Antonio – Largo Braguinha – Mem de Sá dos sobrados exuberantes, samba de raiz, marchinhas, mambo, funk, rock, travestis e mitológica malandragem – Seculares e simbólicos Arcos da Lapa – Rua Joaquim Silva – Escadaria Selaron – Igreja Nossa Senhora do Carmo da Lapa – Sala Cecília Meireles

 

Caminhando de Madrugada no Centro da Olímpica e Maravilhosa

Encontro: meia noite de 23 de março, 6ª. feira (ou seja, de 23 de março, 6ª.feira, para 24 de março, sábado) nos degraus do Theatro Municipal
Itinerário: Majestosos prédios do Theatro Municipal e da Biblioteca Nacional, O eterno e resplandescente Cine Odeon, Centro Cultural da Justiça Federal (antigo Supremo Tribunal Federal), o Boêmio Amarelinho, Câmara dos Vereadores/Palácio Pedro Ernesto, Metrô, uma sentinela luminosa a nos conduzir por lunares e ensolaradas Geografias – Av. Treze de Maio – Largo da Carioca, o diálogo do Rio Colonial com a Cidade Maravilhosa – Esplanada de Santo Antonio / Avenida Chile da Iluminada Catedral Metropolitana de São Sebastião do Rio de Janeiro – BNDES – Petrobrás – Ventura Towers – Luminosa Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro – Complexo de hotéis da nova Praça Tiradentes – Rio Scenarium – Iluminação m utante, os pulsares e a multidão do Quartei rão Cultural da Rua do Lavradio

 

(Re)conhecendo o Centro do Rio a Pé

Encontro: 25 de março – domingo – 9 horas e 55 minutos da manhã – no alto do morro de São Bento – Rua Dom Gerardo, 40 – 5º andar
Itinerário: Mosteiro de São Bento (assiste-se a cinco minutos da missa com cantos gregorianos), Vista Panorâmica da Praça Mauá, Área Portuária e Baía de Guanabara, Av. Rio Branco, Largo de Santa Rita/Largo da Sardinha, Rua Teófilo Otoni (e de Lamartine Babo), Av, Presidente Vargas, Igreja Nossa Senhora da Candelária (visita), Centro Cultural Banco do Brasil (intervalo de 15 minutos), Centro Histórico Beira-Mar de expressivos testemunhos geográficos, Rua Buenos Aires, Beco das Cancelas, Rua do Ouvidor, Travessa do Comércio/ sobrado de Aurora e Carmen Miranda, Convento dos Carmelitas e de Dona Maria I, a Louca, Paço Imperial e de Isabel de Orleans e Bragança (somente maquete do Centro do Rio e janela da anunciação da as sinatura da Lei Áurea), Praça XV, ALERJ/Pa lácio Tiradentes

 

Viva Braguinha e Copacabana, a Princesinha do Mar

Encontro: 29 de março – 5ª. feira – às 20 horas junto à escultura de Braguinha (confluência das ruas Barata Ribeiro, Prado Júnior e Av. Princesa Isabel). Em homenagem a Braguinha “honra e glória da música popular brasileira” – se vivo estaria completando 105 anos.
Itinerário: Rua Prado Júnior – Av. Princesa Isabel – Av. Atlântica – finalizando junto ao Copacabana Palace.

 

Caminhando de Madrugada no Centro da Olímpica e Maravilhosa

Encontro: meia noite de 30 de março (ou seja, de 30 de março, 6ª. feira para sábado, 31 de março) nos degraus do Theatro Municipal
Itinerário: Majestosos prédios do Theatro Municipal e da Biblioteca Nacional, O eterno e resplandescente Cine Odeon, Centro Cultural da Justiça Federal (antigo Supremo Tribunal Federal), o Boêmio Amarelinho, Câmara dos Vereadores/Palácio Pedro Ernesto, Metrô, uma sentinela luminosa a nos conduzir por lunares e ensolaradas Geografias – Av. Treze de Maio – Largo da Carioca, o diálogo do Rio Colonial com a Cidade Maravilhosa – Esplanada de Santo Antonio / Avenida Chile da Iluminada Catedral Metropolitana de São Sebastião do Rio de Janeiro – BNDES – Petrobrás – Ventura Towers – Luminosa Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro – Complexo de hotéis da nova Praça Tiradentes – Rio Scenarium – Iluminação m utante, os pulsares e a multidão do Quartei rão Cultural da Rua do Lavradio

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Passeios a pé pelo Rio de Janeiro até Março
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui