Paulo Ganime apresenta propostas para segurança e saúde do RJ

No início da noite, Ganime segue para Teresópolis, na Região Serrana, onde participará de um encontro com comerciantes do município.

O deputado federal e candidato ao Governo do Estado do Rio de Janeiro , Paulo Ganime (Novo) se reuniu com moradores e comerciantes em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, nesta quinta-feira (08). O candidato disse que vai investir em inteligência para combater o crime organizado, retomando os territórios dominados pelo tráfico e pela milícia.

Retirar as barricadas, combater o roubo de rua serão prioridades no meu governo. Nós vamos investir na infraestrutura das polícias, com aquisição de equipamentos, formação policial e inteligência. Além disso, o serviço de videomonitoramento para a identificação dos criminosos será ampliado para todo o estado.O Rio de Janeiro precisa de um governador com pulso firme e coragem para enfrentar os bandidos e a milícia“, afirmou.

Na saúde, Ganime disse que vai reduzir a fila de cirurgias em no máximo 3 meses. “Com o programa Fila Zero, nós vamos investir em tecnologia para dar transparência para as filas e usar a ociosidade do sistema público e privado. Exames e atendimentos em até 1 mês”.
O candidato também falou sobre o transporte público. “É inadmissível que um morador de Campo Grande leve 2 horas para ir e 2 para voltar do trabalho. A responsável pela concessão da SuperVia é uma empresa que, no Japão, opera o trem com bastante eficiência. Por que aqui não consegue?
”, disse Ganime.

No início da noite, Ganime segue para Teresópolis, na Região Serrana, onde participará de um encontro com comerciantes do município.

Advertisement

3 COMENTÁRIOS

  1. Educação. Tem que acabar com ensino religioso confessional nas escolas públicas. Recursos públicos são escassos e devem ser empregados não em coisas supérfluas. Somente nas necessárias em atendimento ao interesse público.
    O ensino precisa deixar de ser no interesse mercadológico (induzindo a escolhas profissionais) e passar a mirar no desenvolvimento do indivíduo em suas habilidades e inteligências, eliminando a reprovação por matérias.

    Para além de advogado, médico, administrador, economista, engenheiro, talvez um cientista, astrólogo, mas também um artista, pintor, escultor que sejam, é o indivíduo que precisa descobrir e poder fazer com prazer.

  2. Educação. Tem que acabar com ensino religioso confessional nas escolas públicas. Recursos públicos são escassos e devem ser empregados não em coisas supérfluas. Somente nas necessárias em atendimento ao interesse público.

  3. Tenho o Paulo Gamine como pessoa muito bem intencionada.
    Parece um bom candidato e promissor parlamentar.
    Mas me é caro questões.
    Segurança. Quem precisa atuar no combate ao crime com repercussão interestadual é a Polícia Federal. Drogas e armas não são produzidas no Estado RJ.
    A Polícia Civil e a Polícia Militar, principalmente, tinha que largar de mão a atuação de guerra ao tráfico por meio de ação de repressão e enxugar gelo, para operar com inteligência, retirar recursos financeiros e bens, familiares e laranjas que agem para esquentar dinheiro em estabelecimentos abertos, e além disso, apurar a relação das igrejas…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui