Paulo Ganime promete a barraqueiros de Ipanema desburocratizar a vida do pequeno empreendedor

"O turismo no Rio de Janeiro é um dos maiores potenciais do estado, e os barraqueiros têm um trabalho importante para garantir serviços de qualidade para os turistas", disse Ganime

Paulo Ganime durante atividades de campanha, nesta segunda-feira (19) / Divulgação

O deputado federal e candidato a governador ao Estado do Rio de Janeiro, Paulo Ganime (Novo) esteve em Ipanema, na Zona Sul da cidade, nesta segunda-feira (19). Ganime conversou com barraqueiros da orla sobre como priorizar a desburocratização das atividades estatais na vida dos pequenos empreendedores. Ele destacou ainda a importância do turismo para o desenvolvimento do Estado.

“O turismo no Rio de Janeiro é um dos maiores potenciais do estado, e os barraqueiros têm um trabalho importante para garantir serviços de qualidade para os turistas. A Prefeitura e o Estado precisam ajudar quem quer trabalhar e gerar emprego. Os barraqueiros precisam trabalhar em paz, com tranquilidade, sem ter fiscal que atrapalhe o trabalho deles. Nosso governo vai desburocratizar o Estado para facilitar a vida dos fluminenses, dos empreendedores e de quem quer trabalhar no Rio”, disse o deputado federal.

À tarde, Paulo Ganime participou de um debate na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), seguindo para Maricá, na Região Metropolitana, onde fez uma panfletagem. Na cidade, Ganime falou sobre todos os malefícios causados pela criminalidade sem controle e prometeu combatê-la com rigor, além de investir mais recursos nas policiais do Estado. O deputado lembrou ainda que, no combate à violência, é necessário sufocar a fonte de renda dos bandidos, através do controle da lavagem de dinheiro.

“Não dá mais para gente aceitar a bandidagem correndo solta no Rio de Janeiro. É importante fortalecer nossas polícias em todos os sentidos com formação, qualificação, corregedoria e reconhecer o trabalho dos profissionais da segurança pública. Nós precisamos retirar as barricadas e levar também o social para as comunidades, como saúde, educação e segurança. A violência atrapalha a vida do cidadão que vai para o trabalho, da mãe que espera o seu filho chegar em casa, do empreendedor que precisa realizar entregas, do comerciante com a sua loja aberta na rua. E outra coisa importante é combater o fluxo econômico de lavagem de dinheiro do crime organizado. Segurança gera emprego e renda atraindo investidores para todo o estado. A gente precisa dar uma limpa na política do Rio de Janeiro”, afirmou o candidato novista.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui