Pediatria do Into recebe, nesta terça-feira, a cão-terapeuta Hope

Com a visita do cão-terapeuta, os médicos da unidade querem reduzir os danos emocionais que impactam os pequenos pacientes internados

Foto: Reprodução/Record

A terça-feira (24) será um dia muito especial para as crianças internadas na pediatria do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (INTO). Os pequenos vão receber a visita da cadela Hope, uma Golden Retriever que trabalha no projeto Terapia Assistida por Animais (TAA). É a primeira vez que a ação é realizada no Into.

A internação, para qualquer tratamento de saúde, é estressante. Mas as crianças ficam muito abaladas com a situação. Com a vista do cão-terapeuta, os médicos da unidade querem reduzir os danos emocionais que impactam os pequenos pacientes internados.

A chefe da Enfermagem da Pediatria, Ryany Mateus, explicou que as cirurgias ortopédicas demandam longos períodos de recuperação, o que pode levar os pacientes a ficarem muito tempo hospitalizados. No caso das crianças, tal período pode ser consideravelmente penoso. A presença dos animais é importante, uma vez que gera uma sensação de conforto nos pequenos.

 “Uma cirurgia ortopédica, por exemplo, demanda um tempo de recuperação maior e acaba prolongando o período de internação dos pacientes. O animal é capaz de trazer a sensação de conforto e tranquilidade que auxilia na recuperação desses pacientes”, disse Ryany Mateus.

A Terapia Assistida por Animais (TAA) é um projeto do HumanizaPed, instituição voltada para a humanização e ludicidade da assistência pediátrica. Durante os atendimentos, os monitores podem usar fantasias e adereços; prontuário afetivo e materiais hospitalares com tema de super-heróis. Sessões de cinema também são disponibilizadas às crianças.

As informações são da rádio Tupi.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui