Perifa Festival leva a cultura do subúrbio e das favelas para o Espaço Cultural Sérgio Porto, na Zona Sul da cidade

O evento é totalmente produzido pelos 100 alunos do programa Aprendiz Cultural, com idades entre 18 e 24 anos

Os jovens do programa Aprendiz Cultural elaboraram todo o evento / Divulgação

A cultura e o entretenimento do subúrbio carioca e das favelas serão mostrados, no Perifa Festival, que será realizado no Espaço Cultural Sérgio Porto, no Humaitá, na próxima terça-feira (13), das 16h às 21h. A programação inclui rodas de conversa, música, grafite, dança, feira gastronômica e experiências sensoriais. O evento, que tem entrada franca e classificação livre, terá ainda a transmissão ao vivo do jogo do Brasil na Copa do Mundo.

O evento é uma produção dos 100 formandos do programa Aprendiz Cultural, projeto da Secretaria Municipal de Cultura em parceria com o Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (CIEDS).

Luiz Pinto, coordenador de projetos do CIEDS, destacou que o público irá prestigiar um evento produzido por jovens, com idades entre 18 2 24 anos, que se dedicaram ao máximo para aplicar o conhecimento aprendido ao longo de quase um ano de curso.

“As habilidades aprendidas durante o processo formativo desses jovens serão retratadas em cada espaço desenvolvido por eles neste evento. Foram investidos R$ 800 mil na formação por intermédio das bolsas de incentivo, e é com muita satisfação que informamos que mais de 70% dos cem participantes já tiveram oportunidades remuneradas no mercado de trabalho”, avaliou Luiz Pinto.

O Perifa Festival é composto por quatro espaços onde serão apresentadas diversas atrações. O Memórias Suburbanas aborda a nostalgia do subúrbio através de poesias, comidas típicas e histórias. O espaço 2 expande horizontes através do audiovisual e performances artísticas. O terceiro ambiente, onde serão certificados os Aprendizes Culturais, foi projetado para garantir uma experiência praiana em todos os seus detalhes. O evento será encerrado pelo grupo Passinho Carioca, no último ambiente, o Baile do Porto.

O Aprendizes Culturais abrirá uma nova turma em breve. O programa é voltado para jovens que não possuem emprego formal e que não concluíram o Ensino Médio. O requisito é residir na cidade do Rio, preferencialmente em periferias, favelas, subúrbio ou estar em situação de vulnerabilidade social. Os alunos terão que cumprir uma carga horária de 30h semanais, pelas quais receberão uma bolsa R$ 800 mensais, além de auxílio transporte.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui